Criticado, Milton Mendes diz que vaias dificultaram os jogadores do Vasco

Do UOL, no Rio de Janeiro

Chamado de "burro" pelos vascaínos presentes ao estádio Raulino de Oliveira na noite desta quinta-feira, o técnico Milton Mendes iniciou a entrevista coletiva pedindo desculpas pela atuação do Vasco na derrota por 3 a 0 para o Cruzeiro. O treinador, no entanto, lamentou a atitude dos torcedores em vaiar o time ainda no primeiro tempo, quando o placar já estava em 2 a 0.

"No intervalo notei que a equipe estava muito insegura pelas vaias e a forma como o torcedor estava abordando o jogo. Ao invés de ajudar, dificultou um pouco, mas fica a luta", declarou.

O treinador teve, inclusive, dificuldades para analisar o desempenho de seus comandantes diante dos mineiros em uma noite que nada deu certo para o Cruzmaltino.

"É pedir desculpa ao nosso torcedor porque essas derrotas não estavam nos nossos planos, mas continua tudo em aberto. Sabíamos que seriam muito difíceis esses jogos, mas a nossa equipe tentou de todas as formas. É muito difícil tomar um gol no início. Infelizmente não conseguimos. Não tem muitas coisas a dizer. O Cruzeiro começou muito bem, fez cedo o gol e isso desmonta qualquer estratégia", destacou.

O Vasco visita neste domingo a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos