Mattos promete DVD e pede punição a auxiliar que errou contra o Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras vai à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para reclamar da atuação do trio de arbitragem do jogo contra o Botafogo, na noite desta quarta-feira (2). Embora tenham vencido a partida por 2 a 1, os paulistas foram prejudicados por um gol de Rodrigo Pimpão em posição de impedimento que foi validado por Rafael Traci.

O diretor executivo de futebol, Alexandre Mattos, compareceu à zona mista do Engenhão para reclamar do erro e lembrou o barulho recentemente pelo erro contra o Corinthians no jogo contra o Flamengo. 

"Ontem (terça-feira) a CBF soltou uma entrevista sobre erro zero e hoje o Palmeiras foi prejudicado. O Palmeiras não fala de arbitragem, mas estou falando agora na vitória. Vamos mandar DVD e tudo mais do protocolo", disse Mattos à Fox Sports.

"Como foi muito exagerada (a repercussão) do erro que teve em jogos passados, também acho que preciso falar. Espero que tomem alguma providência agora. Confiamos muito no Coronel Marinho, nos árbitros, mas teve o erro e não é fácil jogar aqui. E estava um jogo controlado e quase complica. Queremos que a CBF se pronuncie", completou.

No início da semana, a CBF afastou Pablo Almeida da Costa por invalidar um gol de Jô em posição completamente legal. A comissão de arbitragem da competição não escondeu a irritação com o erro e prometeu manter as punições aos que errassem de maneira grave.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos