Atleticanos apontam gol no início como explicação na derrota para o Grêmio

Do UOL, em Belo Horizonte

Atuando com dez jogadores reservas, o Atlético-MG tinha uma postura clara de jogo para enfrentar o Grêmio, na Arena Grêmio, em Porto Alegre. Jogar fechado e tentar surpreender nos contra-ataques. Mas aconteceu o contrário. Logo aos quatro minutos a equipe de casa fez o primeiro gol da tarde, num contra-ataque. No fim, derrota por 2 a 0.

Na visão dos jogadores do Atlético, o gol no início da partida foi determinante para o resultado negativo em Porto Alegre. Foi essa a análise do meia Marlone, que no primeiro tempo viu o jogo do banco de reservas e entrou durante a etapa complementar.

"Infelizmente a gente não propôs aquilo que esperava. Viemos com uma estratégia e tomamos o gol no início desmanchou o que estava programada. Começamos bem, criando, mas infelizmente, depois do gol, nos desestruturamos um pouco", analisou o camisa 92 do Galo, que também destacou o momento do adversário.

"O Grêmio chegou apenas duas vezes no primeiro tempo e fez os dois. Mas o Grêmio está numa grande fase", disse o meia, que é um dos cotados para ser titular do Atlético no confronto com o Jorge Wilstermann, pela Copa Libertadores, na quarta-feira (9), no Mineirão.

"Agora passou, o jogo que a gente fez. É focar na Libertadores".

Quem também lamentou o gol do Grêmio logo aos quatro minutos foi o volante Adilson, que foi além. O jogador do Atlético reclamou de ter sofrido pênalti na origem do lance em que terminou com o primeiro gol tricolor.

"Foi um jogo difícil, mas achei pênalti logo antes do Grêmio e poderia mudar a partida, apesar da superioridade do Grêmio. Algo que a gente já esperava, pela escalação das duas equipes. Mas o time deu trabalho, chegou perto, teve um pênalti. O objetivo principal é mesmo duelo de quarta-feira", completou Adilson.

E para seguir na Copa Libertadores, o Atlético precisa vencer o Jorge Wilstermann por dois gols de diferença. Vitória por 1 a 0 leva a decisão da vaga para a disputa de pênaltis. Qualquer outro resultado classifica a equipe boliviana, que venceu o jogo de ida das oitavas de final por 1 a 0, disputado em Cochabamba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos