Cuca chama responsabilidade por derrota e defende reservas do Palmeiras

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

Cuca repetiu o que normalmente faz em derrotas e chamou a responsabilidade pelo revés do Palmeiras diante do Atlético-PR neste domingo (6).

O treinador reafirmou que colocou os reservas para preservar os titulares para o jogo de quarta-feira, diante do Barcelona-EQU, e disse que a equipe que entrou em campo no Allianz não tinha ritmo de jogo.

"A responsabilidade de colocar a equipe alternativa é de quem comanda e o resultado não vindo não tem que ter outro responsável se não quem escala o time. Eu tenho confiança em todos os jogadores e mesmo com titulares eu não tenho certeza da vitória. E dei a chance aos titulares de estar 100% em todos os sentidos na quarta-feira. Não é poupar, mas dar a condição ideal de render o 100%. Por isso não jogamos com um time que está no ritmo de jogo", afirmou.

"Não fez um bom primeiro tempo, tomamos um gol de bola parada. E aí dominamos totalmente o jogo. Chutamos 20 bolas no gol e não entrou. Weverton fez defesas incríveis, e no detalhe, no nervosismo, a bola não entrou. E se entra uma a chance de entrar a segunda era grande. Tentamos dentro da possibilidade mudar a equipe em termos de peças e tática e melhorou bastante. E infelizmente não foi suficiente para sairmos com vitória", completou.

Cuca ainda elogiou bastante a atuação de Moisés, que entrou no intervalo do primeiro para o segundo tempo, e disse que o esforço do time que jogou neste domingo precisa ser recompensado pelos titulares na quarta-feira.

"Na realidade, se ganha sai daqui e fica em um retrospecto muito bom de vitória seguidas, sequência boa. E não aconteceu. E o que foi falado? Que esse pessoal que perdeu hoje, se fosse comparar com a guerra, foi o pelotão de frente e que saiu em defesa dos que jogaram quarta-feira. É muito óbvio isso", completou.

O técnico e seus jogadores viajam neste domingo para Atibaia, interior de São Paulo. A equipe fará dois treinos nesta segunda-feira para se concentrar para o jogo contra o Barcelona de Guayaquil. O Alviverde precisa vencer por dois gols de diferença.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos