Marcelo Oliveira critica realização de jogo com tempo seco: "desumano"

Do UOL, em São Paulo

O técnico do Coritiba, Marcelo Oliveira, criticou a realização da partida contra o Atlético-GO na tarde deste sábado (12), no estádio Olímpico de Goiânia. Para o treinador, o tempo seco prejudicou os atletas, mas ele evitou usar isso como desculpa para a derrota por 1 a 0.

"Eu acho meio desumano jogar com esse tempo seco aqui, mas nada serve de desculpa. O adversário fez um gol, e nós fizemos pouco. Precisamos melhorar, levar para casa, mobilizar bem essa semana e teremos alguns jogadores voltando. Lamentamos, mas vamos buscar em casa", disse.

Durante o primeiro tempo, a temperatura chegou aos 32ºC com umidade de apenas 14%. Por conta disso, o árbitro Grazianni Maciel Rocha realizou duas paradas para reidratação dos atletas, uma aos 29 minutos da etapa inicial e outra aos 30 do segundo tempo.

Marcelo acredita que o time paranaense falhou na jogada do único gol do jogo, marcado por Jorginho. "O jogo aqui é difícil, o Campeonato Brasileiro não tem a questão da posição que o time está, mas não conseguimos jogar. Tivemos todo mundo se doando, mas caprichando pouco. Tomamos o gol no nosso melhor momento, e o gol veio em um momento de desatenção, quando nos descuidamos. Foi uma derrota por muito do que não fizemos. O Atlético-GO, que tem todo o respeito, fez o gol e mereceu vencer", afirmou.

O Coritiba volta a jogar no domingo (20), quando recebe o Santos no Couto Pereira, às 19h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos