Mano não faz jus à "fama de reclamão" e evita comentar sobre polêmica

Do UOL, em Belo Horizonte

Diferente do meia Robinho, que saiu na bronca com a arbitragem, o técnico Mano Menezes preferiu não comentar sobre o lance mais polêmico da derrota do Cruzeiro por 3 a 2 diante do São Paulo, nesta manhã de domingo no Morumbi. Apesar de ter classificar a postura de Rafael Traci, dono do apito, como grosseira, o técnico do time mineiro evitou falar sobre o pênalti de Ezequiel em Gilberto, e se limitou a elogiar a postura do Cruzeiro que, embora tenha saído com a derrota, fez uma boa partida.

"Certamente saímos aborrecidos do estádio. É aquele pós-jogo que te deixa pensando o que aconteceu. Mas temos que ressaltar coisas boas, espero que vocês falem bastante sobre o que aconteceu, que na minha opinião foi grosseiro", comentou.

Mano também reconheceu ter, segundo ele, uma fama de 'reclamão', mas preferiu fazer diferente dessa vez. O comandante deixou a discussão para os programas de televisão e não quis comentar mais sobre o assunto.

"Falar sobre isso hoje, depois de um jogo assim, não é bom momento. Eu sou conhecido como um reclamão e quando falo sobre a arbitragem, os programas, os analistas de arbitragem, grifam que o Mano Menezes reclamou de novo. Então não vou reclamar dessa vez, só acho que ele errou", pontuou.

Questionado sobre a atuação do Cruzeiro, o comandante valorizou a postura do time que, mesmo escalado sem seus principais titulares, conseguiu jogar de igual para igual com o São Paulo e construir chances de gol e até mesmo sair com a vitória.

"Conseguimos implantar nossa ideia de jogo. Perdemos o pênalti cedo, é sempre bom abrir vantagem. Mas voltamos bem, viramos o jogo e tivemos a bola do 3 a 1. Depois veio o 2 a 2 e o lance que não quero comentar. Mesmo assim, ainda tivemos duas, três bolas importantes, mas não fizemos. Não traduzimos o que foi a produção, mas temos que valorizar as coisas boas. Foi um jogo que raramente se consegue fazer dentro da casa do São Paulo, pelo domínio que tivemos. Vamos continuar nessa linha", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos