Robinho sai na bronca e dispara contra arbitragem após derrota do Cruzeiro

Do UOL, em Belo Horizonte

O atacante Robinho não poupou críticas à arbitragem de Rafael Traci, dono do apito na derrota por 3 a 2 para o São Paulo no Morumbi. Na saída de campo, o jogador do Cruzeiro reclamou basicamente de dois lances no segundo tempo da partida: o pedido de um toque de mão de Jucilei e o pênalti marcado de Ezequiel em cima de Gilberto, que garantiu o gol da vitória tricolor.

"Eu perguntei para ele se é pênalti quando a bola bate na mão dentro da área e ele disse que sim. Eu chutei e a bola explodiu na mão do Jucilei. Toda vez é isso, a gente sai do jogo e tem que reclamar da arbitragem. Pênalti duvidoso, vocês viram na televisão e não cravaram", comentou o atacante, em entrevista ao canal Premiere.

Os momentos citados pelo atacante aconteceram nos últimos 15 minutos de jogo. A reclamação celeste sobre o pênalti em Gilberto é diz respeito à falta de critério do árbitro, que não marcou uma falta em lance parecido e a favor do Cruzeiro. Para Robinho, pior que a derrota foi sair com o gosto amargo por causa da atuação da arbitragem.

"É difícil, viu.. Você viu o jogo que fizemos? Jogamos melhor, mas saímos na dúvida com a arbitragem. É pênalti duvidoso, bola na mão. A arbitragem tem que ser mais profissional. Fizemos um grande jogo, é triste perder dessa maneira", acrescentou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos