Com gol de Hernanes, São Paulo empata com Avaí e entra na zona da degola

Do UOL, em São Paulo

Hernanes salvou o São Paulo de novo, mas não evitou que a equipe voltasse à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time do Morumbi perdia para o Avaí até os 34min do segundo tempo deste domingo (20), na Ressacada, em Florianópolis (SC), quando o camisa 15 marcou de pênalti e determinou um empate por 1 a 1. Com isso, evitou ser ultrapassado pelo rival e se manteve por três horas fora da zona de rebaixamento.

Porém, o São Paulo acabou volta à zona da degola com a vitória da Chapecoense sobre o Palmeiras por 2 a 0, fora de casa, na noite de domingo. Com isso, o tricolor chegou a 23 pontos, caindo para a 17ª posição. O time tem um ponto a mais que o rival deste domingo.

O melhor: Hernanes

São cinco gols em cinco jogos desde que Hernanes voltou ao São Paulo. O número é expressivo para um meio-campista, mas isso é apenas parte da importância que o camisa 15 adquiriu em pouco tempo na equipe tricolor. É ele o responsável por praticamente toda a articulação ofensiva; é ele que dá opção aos zagueiros e laterais na saída de bola; é ele que dita o ritmo e contém o ímpeto quando necessário.

O pior: Cueva

Em algum momento, Cueva já foi dono do São Paulo como Hernanes é hoje. Neste domingo, porém, o peruano mais uma vez foi apenas sombra do camisa 10 que já brilhou na equipe tricolor. Participou pouco do ataque, recompôs mal e sobrecarregou o lado esquerdo nas ações defensivas.

São Paulo mantém retrospecto ruim contra rivais diretos

O resultado confirmou uma sina do São Paulo nesta temporada: os paulistas têm perdido muitos pontos para rivais que estão na metade inferior da tabela do Campeonato Brasileiro. Já havia sido assim contra Atlético-GO (2 a 2 no Morumbi), Chapecoense (0 a 2 em Chapecó), Coritiba (1 a 2 no Morumbi) e Bahia (1 a 2 em Salvador), para citar apenas o período em que o time é comandado por Dorival Júnior.

Vento protagoniza o jogo no primeiro tempo

Um elemento externo foi um dos principais protagonistas do jogo deste domingo – sobretudo no primeiro tempo. Com forte vento na Ressacada, houve vários lances em que isso interferiu e mudou a direção da bola. Sidão, goleiro do São Paulo, proporcionou ao menos dois momentos de emoção antes do intervalo por ter errado o timing.

Sidão é novidade, mas Douglas brilha

Colocado pelo técnico Dorival Júnior no lugar de Renan Ribeiro, que havia sido o goleiro titular do São Paulo nas 20 rodadas anteriores do Campeonato Brasileiro, Sidão era uma das grandes atrações da partida deste domingo. No primeiro tempo, contudo, não foi ele o principal nome entre os que defendiam as metas na Ressacada. Numa partida equilibrada e com poucas oportunidades claras, Douglas brilhou mais uma vez pelo Avaí.

Segundo tempo começa com Avaí melhor, e torcedores reclamam

A etapa final começou com superioridade do Avaí. Com marcação mais adiantada, os donos da casa dominaram as ações e tiveram duas oportunidades logo aos 3min, quando Juan finalizou duas vezes. Foi o suficiente para que os torcedores do São Paulo se revoltassem na rede social Twitter.

Avaí sai na frente na Ressacada

A superioridade do Avaí chegou a arrefecer no segundo tempo, mas o time da casa conseguiu um pênalti quando o ritmo da partida havia diminuído. Aos 22min, Edimar derrubou Willians dentro da área e proporcionou a chance para Júnior Dutra abrir o placar dois minutos depois.

Júnior Dutra perde a chance de definir a partida

Quando o Avaí vencia por 1 a 0, Sidão cometeu um erro que poderia ter sido determinante. O goleiro saiu jogando mal e proporcionou uma chance clara para Júnior Dutra, que havia anotado de pênalti o gol dos donos da casa. No entanto, o atacante desperdiçou. "Adivinhei a jogada por conhecer o Sidão. Bati bem, mas ele fez a defesa", avaliou.

Hernanes salva o São Paulo de novo

Como tem acontecido desde que foi contratado, o meio-campista Hernanes salvou o São Paulo novamente neste domingo. O Avaí vencia e era superior quando Pedro Castro cometeu pênalti infantil ao colocar a mão na bola após cruzamento. Aos 34min, a despeito de ter batido mal, Hernanes fez a bola passar por baixo de Douglas e empatou o jogo.
 

Hernanes para nas mãos de Douglas

O mesmo Hernanes quase fez o segundo do São Paulo aos 40min do segundo tempo. O camisa 15 cobrou falta com precisão, mas Douglas impediu a virada do São Paulo.

Na próxima rodada

O próximo rival do São Paulo no Campeonato Brasileiro será o Palmeiras. O clássico está marcado para o dia 27 de agosto, no Allianz Parque. O Avaí, por sua vez, atuará mais uma vez como mandante: receberá na mesma data a Chapecoense em outro duelo recheado de rivalidade local.

FICHA TÉCNICA

AVAÍ 1 X 1 SÃO PAULO

Data: 20 de agosto de 2017 (domingo)
Horário: 16h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (21ª rodada)
Local: Ressacada, em Florianópolis (SC)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: José Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (ambos de RS)
Cartões amarelos: Diego Tavares (Avaí); Arboleda (SP), Hernanes (SP), Edimar (SP)
Gols: Júnior Dutra, aos 24min, e Hernanes, aos 34min do segundo tempo

Avaí: Douglas; Leandro Silva, Alemão, Airton e Capa; Judson, Luan (Luan Pereira), Pedro Castro e Juan (Diego Tavares); Joel (Willians) e Júnior Dutra
Técnico: Claudinei Oliveira

São Paulo: Sidão; Buffarini, Rodrigo Caio, Arboleda e Edimar; Petros, Jucilei (Jonathan Gómez) e Hernanes; Marcos Guilherme, Cueva (Lucas Fernandes) e Gilberto (Denilson)
Técnico: Dorival Júnior

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos