Sem Balbuena, Corinthians terá zaga de jovens no jogo contra a Chapecoense

Diego Salgado

do UOL, em São Paulo

O técnico Fábio Carille terá de escalar pela primeira vez uma zaga completamente alternativa na temporada. Com a suspensão do paraguaio Balbuena por ter levado o terceiro cartão amarelo na derrota para o Vitória, o jovem Léo Santos iniciará a partida contra a Chapecoense ao lado de Pedro Henrique - o jogo será em Santa Catarina, na próxima quarta-feira.

Os dois jogadores revelados na base, dessa forma, serão escalados juntos desde o início pela primeira vez em 2017. Na temporada passada, eles atuaram juntos no empate por 1 a 1 diante do Figueirense, também fora de casa. Naquela ocasião, o time alvinegro era comandado por Oswaldo de Oliveira.

Pedro Henrique, que foi titular nos últimos cinco jogos depois de uma lesão muscular de Pablo, ressaltou que os jogadores reservas têm entrado bem na equipe do Corinthians.

"É um garoto que vem trabalhando muito, firme e forte. Ele tem potencial. Vai entrar no jogo e sei que vai dar conta do recado. Quem está vindo do banco tem dado conta do recado. Agora não será diferente. Tenho certeza que ele vai desempenhar um grande papel. Vai dar tudo certo", disse o zagueiro de 21 anos.

Léo Santos jogou 22 minutos no Brasileirão

Neste Brasileirão, Léo Santos, 19 anos, atuou por 22 minutos, justamente na vaga de Balbuena e ao lado de Pedro Henrique. O fato deu-se no triunfo por 1 a 0 sobre o Vitória, em Salvador, no primeiro turno.

Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Léo Santos em ação contra a Ponte: zagueiro de 18 anos disputou três jogos no profissional

Na fase de grupos do Campeonato Paulista, esse roteiro já havia sido registrado. Balbuena deixou o campo com dores contra a Ponte Preta e deu lugar a Léo Santos, que, novamente ao lado de Pedro Henrique, conseguiu fazer um gol e empatar a partida em Campinas.

"É uma oportunidade que espero há muito tempo. Tenho de fazer o máximo para aproveitá-lo. Nunca jogamos juntos na base, mas já joguei com ele no profissional no ano passado. Quando o Pablo está jogando, nós jogamos juntos na semana. A gente se conhece bem e temos tudo para fazer uma grande partida", ressaltou o zagueiro.

A formação Léo Santos e Pedro Henrique pode até se repetir contra o Atlético-GO, no próximo sábado, em Itaquera. Balbuena deixou o campo com dores musculares na coxa esquerda no segundo tempo da derrota para o Vitória.

O paraguaio fará exames na segunda-feira para saber se há, de fato, uma lesão. "Acho que não deve ser nada, mas prefiro esperar. Da última vez aconteceu isso e fiquei 20 dias", disse o zagueiro titular.

Vale lembrar que Pablo, que se recupera de um problema muscular na coxa, só deve voltar a ficar à disposição no clássico com o Santos, na Vila Belmiro, no próximo dia 10 - esse duelo ocorrerá depois de uma pausa de 14 dias no Brasileirão devido à disputa das Eliminatórias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos