Campanha como visitante dá ao Corinthians vantagem recorde sobre o Grêmio

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O Corinthians conseguiu se reabilitar no Campeonato Brasileiro da forma em que é praticamente letal na competição: como visitante. Com o triunfo por 1 a 0 sobre a Chapecoense em Santa Catarina, o time alvinegro reagiu imediatamente ao revés para o Vitória e alcançou a maior vantagem sobre o Grêmio na tabela de classificação. Agora, são dez pontos de diferença, assim como ocorreu nas rodadas 12 e 13.

O resultado obtido na Arena Condá ainda fez o Corinthians reforçar a condição de visitante indigesto. Para se ter uma ideia da diferença em relação aos outros adversários, o líder conseguiu vencer oito partidas e empatar outras duas, em uma campanha invicta longe de Itaquera.

O aproveitamento corintiano fora de casa é de quase 87%. O Grêmio é dono da segunda melhor campanha, com 61% dos pontos disputados. Nos jogos como mandante, a diferença entre os adversários sofre uma brusca queda: o Corinthians conquista 73% dos pontos, contra 67% dos gremistas.

Nesse cenário, a defesa do Corinthians, outro ponto forte do líder, ainda conseguiu uma marca difícil de ser batida. Nos dez jogos disputados como visitante, o time alvinegro sofreu apenas dois gols - ambos na goleada de 5 a 2 sobre o Vasco (dessa forma, são nove duelos em que o sistema defensivo passou ileso.

RENATO PADILHA/MAFALDA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Jô marcou o 12º gol no Brasileiro e agora divide a artilharia com Henrique Dourado

Na comparação com a campanha como mandante, o desempenho é ainda mais impressionante. Em Itaquera, o Corinthians sofreu oito gols nos 11 jogos disputados no local. A campanha traz sete vitórias, três empates e uma derrota.

No próximo sábado, o Corinthians volta a ter mais um teste em sua arena. O adversário será o Atlético-GO, último colocado do Brasileirão, com apenas 15 pontos - quatro deles conquistados fora de casa.

Carille diz que resultado traz segurança

Depois da vitória sobre a Chapecoense com um gol de Jô nos minutos finais, o técnico Fábio Carille ressaltou a importância de o time alvinegro se recuperar rapidamente do primeiro revés na no campeonato.

"Importância muito grande, ainda mais depois de um resultado que a gente não esperava em casa contra o Vitória.Hoje [quarta-feira] era um jogo para fazer com segurança pelo resultado que tivemos em casa. A gente tinha que levar pontos, um ou três, e fomos abençoados no final do jogo", disse o treinador corintiano.

Carille ainda admitiu que a vantagem alcançada sobre os rivais é confortável. Além de abrir dez pontos sobre o Grêmio, o Corinthians ficou 13 pontos à frente do Santos, o terceiro colocado, e 17 sobre o Palmeiras, na quarta posição.

"É ótima, temos de reconhecer, mas agora temos 51 pontos em disputa. Tem muita coisa a acontecer. Temos de continuar concentrados e pensando no próximo jogo", ressaltou Carille.

O treinador, porém, terá problemas para escalar o time diante dos goianos em Itaquera, A equipe corintiana terá cinco desfalques: o lateral Arana, os zagueiros Balbuena e Pablo, além dos atacantes Romero e Jô, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos