Diretor culpa perda de jogadores por queda da Chape e faz apelo à torcida

Do UOL, em Santos (SP)

  • MARCIO CUNHA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Chapecoense perdeu as duas últimas partidas da Série A e caiu para a zona de descenso

    Chapecoense perdeu as duas últimas partidas da Série A e caiu para a zona de descenso

As duas derrotas no Campeonato Brasileiro fizeram a Chapecoense terminar a 22ª rodada na zona de rebaixamento. O sinal de alerta já está ligado e a equipe catarinense busca uma regularidade na competição, uma vez que conseguiu apenas uma vitória (sobre o Palmeiras) nas últimas seis partidas que disputou na competição. A oscilação, porém, tem explicação.

Em entrevista coletiva concedida nesta quarta-feira (6), o diretor de futebol João Carlos Maringá falou de forma até emocionada sobre os problemas da Chapecoense e citou os principais motivos para que o time catarinense não esteja em boa fase no atual momento da temporada: mudança de técnico e a perda de peças principais do elenco, como Amaral e João Pedro, que se recuperam de lesão, e Girotto e Rossi, que deixaram o time no meio da competição.

"Nós tivemos uma dificuldade da montagem de um time em cima da hora. Já é agosto, tinha que estar jogando um pouco melhor? Tinha. Mas tivemos mudança de treinador, perda de alguns atletas que eram fundamentais para nós - Rossi, Girotto, Amaral e João Pedro -, são quatro jogadores que vieram para serem titulares e infelizmente os perdemos ou por lesão ou por negociação", analisou o dirigente, para depois fazer um apelo ao torcedor da Chape: apoiar os jogadores, especialmente na atual fase em que o time se encontra.

"Para o verdadeiro torcedor da Chapecoense, quando pegar o telefone e for entrar no whatsapp para mandar uma mensagem negativa sobre o clube, pense duas vezes. 'Não vou colocar porque sou torcedor e quero que meu time esteja na Série A no ano que vem'. Vai ser mais fácil para nós. Deem uma aliviada e continuem acreditando. Pelo momento que estamos vivendo, se tivermos apoio, nossa vida vai ficar mais fácil", acrescentou.

Na 17ª colocação da Série A com 25 pontos, a Chapecoense volta aos gramados no próximo domingo (10) para encarar o Cruzeiro, na Arena Condá, pela 23ª rodada do Brasileiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos