Victor Ferraz cai de rendimento e pressão incomoda elenco do Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ivan Storti/Santos FC

    Victor Ferraz tem o pior aproveitamento em cruzamentos entre os laterais santistas

    Victor Ferraz tem o pior aproveitamento em cruzamentos entre os laterais santistas

O lateral direito Victor Ferraz não vive o seu melhor momento na carreira e encara certa pressão por parte da torcida. Apesar de ser titular absoluto da segunda melhor defesa do Campeonato Brasileiro, com apenas 14 gols sofridos, os torcedores estão insatisfeitos com o desempenho ofensivo do camisa 4. É comum encontrar críticas ao atleta nas redes sociais.

O curioso é que a pressão sobre Victor Ferraz, por sua vez, incomoda o elenco santista, já que o atleta é bastante querido entre os atletas. Além da amizade, os jogadores do Santos são unânimes em discordar das críticas.

Para eles, Victor Ferraz tem status de jogador de seleção brasileira e mantém o seu bom futebol desde 2015, quando virou titular absoluto do Santos.

"Óbvio que não é justa. Ferraz é jogador de seleção. Não sei onde foi falado isso, quem está fazendo esses comentários, mas são bobos, que não vêm à tona e não entram na cabeça de ninguém. Tem todo nosso respeito dentro e fora de campo. Falando dentro de campo, é excepcional, técnico, que serve muito. Era cotado para seleção. Eles estão vendo. Erros todos têm. Cruzamentos? É quem mais dá passes, ele e Lucas Lima. Se Deus quiser vou ver ele na seleção um dia", afirmou Zeca.

Internamente, os atletas estão irritados com a pressão da torcida. Alguns, inclusive, alegam que tudo não passa de exposição desnecessária da imprensa.

Victor Ferraz costuma "atacar por dentro" por conta das orientações que recebeu nos últimos anos do técnico Dorival Júnior, antecessor de Levir Culpi e hoje no São Paulo. O ex-comandante santista não abre mão de jogar com os seus laterais (tanto direito, como esquerdo) pelo meio-campo no apoio.

Isso explica a queda de rendimento no quesito assistências de Victor Ferraz. O último passe para gol do lateral foi há mais de seis meses, no dia 12 de fevereiro, quando o Santos venceu o Red Bull por 3 a 2, no Pacaembu. Ele tem três passes para gol em 2017, nenhum no Brasileirão.

Em 14 partidas disputadas, o camisa 4 não deu uma assistência sequer na competição. O desempenho também é o mesmo na Copa do Brasil e Copa Libertadores. No ano passado, foram quatro assistências no Brasileiro. O desempenho foi ainda melhor em 2015, com sete passes a gol.

No entanto, a torcida pega no pé de Victor Ferraz, principalmente, por conta dos erros de cruzamento. Segundo estatísticas do Footstats, o camisa 4 tem o pior aproveitamento entre todos os jogadores que atuam nas laterais do Santos na competição nacional. Foram 33 cruzamentos (3 certos e 30 errados), 9,1% de aproveitamento. 

Veja o desempenho dos laterais do Santos nos cruzamentos:

1. Matheus Ribeiro – 6 cruzamentos (2 certos e 4 errados), 28,6% de aproveitamento
2. Zeca – 14 cruzamentos (4 certos e 10 errados), 28,6% de aproveitamento
3. Jean Mota – 108 cruzamentos (21 certos e 87 errados), 19,4% de aproveitamento
4. Daniel Guedes – 41 cruzamentos (6 certos e 35 errados, 14,6% de aproveitamento
5. Victor Ferraz – 33 cruzamentos (3 certos e 30 errados), 9,1% de aproveitamento

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos