Egídio e Mayke "pedem passagem" e ganham confiança de Cuca para duelo em BH

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Mauro Horita/Estadão Conteúdo

    Egídio se destacou na semana de treinamentos e ganhou vaga no time titular de Cuca

    Egídio se destacou na semana de treinamentos e ganhou vaga no time titular de Cuca

Cuca procurou manter o mistério no último dia de treinamentos do Palmeiras antes da viagem a Belo Horizonte, local da partida de sábado contra o Atlético-MG, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, dois nomes "pediram passagem" durante as duas semanas de treinamentos e foram escalados pelo treinador para o jogo do fim de semana: Egídio e Mayke.

Os dois laterais se destacaram nas atividades e recuperaram as posições entre os 11. Egídio surge como o caso mais emblemático da semana: foi perseguido pela torcida nos últimos jogos no Allianz Parque, preservado por Cuca nos últimos três compromissos e se reabilitou nos treinamentos.

"Vocês viram que o Egídio está treinando bem, com força e velocidade. Nós não tínhamos preparado uma data específica para ele voltar, o trabalho iria mostrar. Ele fez um ótimo jogo treino contra o Red Bull e "pediu passagem". A passagem é dada pelo que ele representou", comentou o treinador, elogioso para com Mayke também.

"Não é só o Egídio, é o Mayke também. Esses treinamentos que os auto escalaram para o jogo. O Michel Bastos também teve um probleminha de adutor e é possível que nem viaje", acrescentou o comandante, que já anunciou o possível desfalque do camisa 15 no Independência.

O fato de a partida ocorrer fora de casa também colaborou para o retorno de Egídio ao time titular. Cuca enxerga que o momento ideal para iniciar a recuperação do camisa 6, que possui contrato somente até o fim do ano, passa por este fim de semana.

"Como disse, ele está treinando bem e com muita força. O jogador sente quando um outro está impondo para jogar, como o Egídio. Eles sentem isso e temos de respeitar. O jogo ser fora ajuda, assim como o fato de o Egídio ter uma história em BH", contou o treinador.

Mayke e Egídio são as duas alterações em relação ao time que venceu o São Paulo por 4 a 2, há duas semanas. Egídio entra na vaga de Michel Bastos, enquanto Mayke substitui Bruno Henrique e assume uma vaga na lateral direita – Jean, desta forma, atuará como meio-campista.

Cuca trabalhou o time titular durante a maior parte da semana com Fernando Prass; Mayke, Luan, Edu Dracena e Egídio; Jean, Tchê Tchê e Moisés; Alejandro Guerra, Deyverson e Willian. Dudu, recuperado de lesão muscular na coxa esquerda, retorna como opção no banco de reservas.

"Dudu machucou há exatos 30 dias e fez apenas um coletivo; é muito pouco para ele ter a condição ideal de jogo. É o nosso titular e capitão, mas fica como opção no banco neste sábado. Durante o jogo, certamente poderá ser utilizado", assegurou o comandante palmeirense nesta sexta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos