"Ainda estamos dando mole", lamenta Sidão após novo tropeço do SP

Do UOL, em São Paulo (SP)

O São Paulo abriu dois gols de vantagem, mas cedeu o empate por 2 a 2 para a Ponte Preta e deixou o Morumbi sob vaias. A insatisfação da torcida refletiu no abatimento do time ao deixar o gramado. O goleiro Sidão, por exemplo, lamentou mais uma noite na qual a equipe errou e deixou escapar três pontos fundamentais na briga contra a degola.

"Avisamos nos vestiários que a única chance de a Ponte fazer gols seria de bola parada. Demos mole em relação ao que foi combinado dentro do vestiário, e cedemos o empate. Sentimento é o mesmo de frustração. Trabalhamos, lutamos para sair desta situação, mas ainda estamos dando mole", lamentou, em entrevista ao Premiere FC.

O empate dentro de casa manteve o São Paulo dentro da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com apenas 23 pontos, o time comandado por Dorival Junior ocupa a penúltima posição na tabela.

O tropeço em um confronto direto incomodou o meia Marcos Guilherme, que deu razão aos torcedores pelo protesto ocorrido depois da parida. Mais de 43 mil pessoas estiveram na noite deste sábado no Morumbi.

"Demos campo para a Ponte Preta e pagamos caro por isso. Jogo nas nossas mãos, e isso não pode acontecer, mas infelizmente erramos novamente. (...) É normal eles vaiarem depois do jogo, pois em 90min não ouvi nenhuma vaia. Resultado não veio e os torcedores estão chateados", declarou também ao Premiere FC.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos