Com "caldeirão" na volta a S. Januário, Vasco vence e para vice Grêmio

Do UOL, no Rio de Janeiro

Mesmo com a torcida impedida de entrar, o Vasco fez de São Januário seu caldeirão. Com gol de Mateus Vital, o Cruz-maltino bateu o vice-líder Grêmio por 1 a 0 e deu um salto na tabela de classificação do Brasileiro (6ª posição).

Na primeira partida do técnico Zé Ricardo, o Vasco fez uma partida marcada pela aplicação de seus jogadores. O Grêmio, por sua vez, perdeu a chance de ficar a quatro pontos do líder Corinthians, que enfrenta o Santos neste domingo.

Os gaúchos voltam suas atenções para a Copa Libertadores. Na quarta, o time visita o Botafogo pelas quartas de final da competição continental. Já o Vasco tem a semana livre até o duelo diante do Corinthians.

Apoio

Com os portões de São Januário fechados, não restou alternativa aos torcedores do senão ficar do lado de fora de São Januário. Centenas de vascaínos ficaram na porta do estádio e era possível ouvir os gritos de apoio.

Diferenças claras

Ficou evidente para quem assistiu o primeiro tempo que o Grêmio é um time entrosado e bem treinado, ao passo que o Vasco ainda inicia uma caminhada sob a batuta de Zé Ricardo.

Apesar disso, o Tricolor não ameaçou Martín Silva, ainda que tenham dominado das ações na primeira etapa em São Januário. Com melhor toque de bola e mais categoria, faltou ao Grêmio um pouco mais de agressividade e objetividade. Justamente o oposto do adversário.

O Vasco entrou em campo com um meio de campo mais congestionado, o que dificultou a vida gremista. Com jogadores criativos no meio, foi o Vasco que colecionou as poucas oportunidades. Aos 35, Madson cruzou e Nenê, sozinho dentro da área, concluiu para fora. Aos 42, Ramon fez bom cruzamento para Mateus Vital, que marcou. Nenê ainda assustou Marcelo Grohe, mas o placar permaneceu igual. No duelo de estilos, saiu vitorioso quem foi mais efetivo.

Filme parecido

O roteiro da etapa final foi bem semelhante ao do primeiro tempo. Mais retraído,  Vasco deu campo ao Grêmio e aguardou a hora certa para tentar dar o bote no rival.

Apesar dos espaços oferecidos, o Grêmio, no entanto, não conseguiu agredir o rival. Assim como no tempo anterior, Martín Silva foi um espectador privilegiado na partida.

Com a vantagem construída, os vascaínos foram aplicados na marcação e não se expuseram desnecessariamente. Com a entrada de Paulinho, o Vasco se insinuou um pouco mais, mas soube se defender das investidas gremistas até o apito final.

O cara do jogo

Autor do gol da vitória, Mateus Vital teve participação decisiva em São Januário. Com boa movimentação, o jovem foi figura importante na vitória vascaína, que também marcou boas atuações de Nenê, Ramon e Paulinho.

Foi mal

Substituto de Pedro Geromel, o zagueiro Bressan foi decisivo na derrota gremista. No lance do gol de Mateus Vital, o defensor falhou na jogada e facilitou a vida do rival. No intervalo, o jogador disse que a falha foi "coletiva".

Desfalques pesam

Não que isso explique o revés sofrido, mas fato é que o Grêmio entrou com baixas consideráveis para o jogo no Rio de Janeiro. Renato não pôde contar com Luan e Pedro Geromel, lesionados,  além de não ter mais o atacante Pedro Rocha, negociado com o Spartak Moscou. A expectativa é que a dupla esteja em campo diante do Botafogo

Presente de grego

Gaúcho de nascimento, o técnico Renato recebeu como presente poder festejar seu aniversário de 55 anos em casa. Desde que chegou para jogar no Flamengo, em 1987, o treinador fixou residência na Cidade Maravilhosa. O Grêmio homenageou o ídolo em suas redes sociais. O resultado é que não agradou o aniversariante do dia.

Retrospecto

No Brasileiro deste ano, os mandantes se impuseram nas suas casas, mas no retrospecto histórico a vantagem é tricolor. São 34 vitórias, 26 derrotas e 19 empates até o momento.

FICHA TÉCNICA
VASCO X GRÊMIO
Data e hora: 09/09/2017 (Sábado), às 18h (Brasília)
Local: estádio São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Héber Roberto Lopes
Auxiliares: Helton Nunes e Tiaggo Americano Labes
Cartões amarelos: Escudero e Wellington (VAS)
Cartões vermelhos: não houve
Gols: Mateus Vital, aos 42 minutos do primeiro tempo

Vasco
Martín Silva, Madson (Yago Pikachu), Breno, Anderson Martins e Ramon; Wellington, Escudero (Bruno Paulista), Wagner (Paulinho), Nenê e Mateus Vital; Andrés Ríos. Técnico: Zé Ricardo

Grêmio
Marcelo Grohe, Edílson, Bressan, Kannemann e Bruno Cortez; Michel, Arthur, Ramiro (Patrick) e Léo Moura (Everton); Fernandinho e Lucas Barrios (Arroyo). Técnico: Renato Gaúcho

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos