Envolvido em final, Cruzeiro segue focado no Brasileiro por Libertadores

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • © Rafael Ribeiro/Light Press/Cruzeiro

    Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, irá poupar jogadores pela final da Copa do Brasil

    Mano Menezes, técnico do Cruzeiro, irá poupar jogadores pela final da Copa do Brasil

O Cruzeiro trabalha em duas frentes para chegar à próxima edição da Libertadores da América. A Copa do Brasil é o maior desejo da equipe, mas não é o único. Ficar entre os seis primeiros do Campeonato Brasileiro também é um objetivo do time de Mano Menezes.

Embora programe descansar alguns jogadores nos jogos que antecedem a finalíssima da Copa do Brasil, em 27 de setembro, os mineiros buscam triunfos nos duelos contra Chapecoense (F), Bahia (C) e Atlético-GO (F).

No jogo deste domingo (10), na Arena Condá, a equipe de Mano Menezes será formada por reservas e jogadores que não estão inscritos na Copa do Brasil. Rafael Sóbis, suspenso para o jogo de volta da final, também está à disposição da comissão técnica.

"É a dureza de você estar no meio de uma decisão, tendo de jogar paralelamente jogos importantes. É uma dureza boa. E é o preço que temos de pagar quando se chega na decisão. Então temos de revezar alguns jogadores. Aqueles que estão mais desgastados ficam para a segunda parte no jogo em Chapecó. Coloca outros jogadores fisicamente inteiros para render bem e não deixar cair o nível de competitividade, que é necessário", afirmou Mano.

Na sexta colocação, com 31 pontos, a Raposa pretende seguir no G-6, grupo que dá acesso à próxima edição da Libertadores. A intenção é alcançar a vaga por meio de uma das competições disputadas até o momento - a Copa do Brasil garante a classificação apenas ao campeão.

Embora tenha semanas livres até o confronto decisivo, Mano Menezes planeja descansar os atletas nos jogos contra Bahia, em 17 de setembro, e Atlético-GO, a princípio marcado para 24 de setembro.

"Muita coisa pode mudar dos dois lados. Teremos jogos que jogaremos nesse intervalo. Vamos tentar chegar com todos à disposição [para a final] – às exceções do Sobis e daqueles que não estão inscritos na competição. Que a equipe chegue inteira e focada na decisão. Essa é a última volta de uma corrida de 52 voltas. Temos que levar na ponta dos dedos para chegar bem lá e chegar com força para disputar o título com o Flamengo", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos