Volta a São Januário faz Vasco vencer a 1ª como mandante em 76 dias

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

De volta ao lar, o Vasco demonstrou a importância que São Januário tem para o time e também para o clube. Impedido de atuar em seu estádio desde a barbárie do clássico contra o Flamengo, quando torcedores tentaram invadir o campo, os vascaínos bateram o Grêmio por 1 a 0.

Apesar do triunfo, nenhum torcedor esteve presente. O clube conseguiu na Justiça um efeito suspensivo que derrubou a decisão do Ministério Público de fechar o estádio, mas teve de atuar com portões fechados. Ainda assim, voltou a vencer como mandante. Desde a punição, o Vasco não havia conquistado nenhuma vitória em "seus domínios". A última vez que o time saiu com os três pontos nesta condição havia sido contra o Atlético-GO, no já longínquo dia 25 de junho. O feito foi há 75 dias.

O Cruz-maltino empatou em 0 a 0 com o Santos, no Nilton Santos, também de portões fechados, e fez três partidas no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Na Cidade do Aço, empate com o Palmeiras e derrotas para Atlético-PR e Cruzeiro. "Foi fundamental a torcida, ouvimos eles cantando o tempo todo e agradecemos muito a força deles", disse Nenê, em entrevista ao Premiere, fazendo referência ao público que "abraçou" São Januário do lado de fora e cantou a ponto de ser ouvido da parte de dentro.

Como a pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) foi de seis partidas, o Vasco ainda deverá jogar nas mesmas condições diante da Chapecoense, no dia 30 de setembro. Na primeira partida do técnico Zé Ricardo, o Vasco fez um jogo marcado pela aplicação de seus jogadores. O time tem a semana livre até o duelo diante do Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos