Com um a mais, Vitória empata nos acréscimos e arranca empate contra o Flu

Do UOL, em Santos (SP)

Um empate ruim para as duas equipes. Assim foi o 2 a 2 entre Vitória e Fluminense, em jogo com final eletrizante disputado na tarde deste domingo (10), no Barradão, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com um a mais durante boa parte do segundo tempo, já que o estreante Robinho foi expulso com apenas um minuto em campo, o time baiano conseguiu a igualdade já nos acréscimos, com Kanu - depois de levar um gol de pênalti de Henrique Dourado, aos 44min do segundo tempo. Neílton e Wendel completaram o placar.

Enquanto o Vitória chega só a 26 pontos e acaba caindo para a zona de rebaixamento (17º lugar), o Fluminense vai apenas a 31 e perde a oportunidade de passar pelo pior visitante do Brasileiro (Vitória tem apenas dois triunfos em 12 jogos) e de entrar no G-6, ao menos temporariamente.

O Vitória só volta a campo no próximo domingo (17), às 16h, para encarar o São Paulo, em mais um jogo no Barradão, o Fluminense tem compromisso pela Sul-Americana no meio da semana: na quinta-feira (14), recebe a LDU no Maracanã, às 19h15.

O melhor: Júlio César

Fez pelo menos três boas defesas e salvou o Flu em momentos em que o Vitória era superior na partida.

O pior: Robinho

Foi expulso com apenas um minuto em campo e prejudicou o time do Fluminense.

Só deu Vitória no 1ºT. E de tanto insistir...

Divulgação/Vitória
Muito mais agressivo que o Flu, o Vitória martelou seu adversário desde o apito inicial. Caiu de produção na metade do primeiro tempo, mas voltou a pressionar no fim da etapa inicial e, de tanto insistir (foram quatro chances de gol), conseguiu abrir o placar já aos 45min, em mais um cruzamento do bastante acionado Patric. Desta vez, a bola encontrou Neílton, que não perdoou.

Henrique irritado com atuação do Fluminense

O Fluminense não conseguiu jogar na etapa inicial. Foram muitos passes errados e quase nenhuma chance de gol, o que fez alguns jogadores deixaram o campo para o intervalo irritados. Um deles foi o zagueiro Henrique. "Desde o começo a gente vem entregando a bola para eles. Não conseguimos trocar cinco ou seis passes. Precisamos acertar", disse ao canal Premiere.

Após bronca, Flu precisa de 2min para empatar

Tiago Caldas/Fotoarena/Estadão Conteúdo
A bronca de Abel Braga (que já demonstrava irritação ao longo do primeiro tempo) no intervalo parece ter surtido efeito. Em seu primeiro ataque no segundo tempo, o Flu conseguiu o empate depois de um lateral cobrado por Lucas para Henrique Dourada e uma boa jogada e finalização do atacante; no rebote, Wendel deixou tudo igual no Barradão.

Estreia de Robinho no Flu dura um minuto

Recém-contratado pelo Fluminense, o atacante Robinho, ex-Figueirense, teve uma estreia para ser apagada. Logo em seu primeiro jogo pelo time carioca, ficou apenas um minuto em campo. Entrou aos 27min do segundo tempo e, após entrar duro, de sola, em Caíque Sá, levou o cartão vermelho.

Dois gols e fim eletrizante no Barradão

O Fluminense ficou bem perto da vitória ao marcar com Henrique Dourado, após pênalti infantil de Thallyson em cima de Wellington Silva, aos 44min do segundo tempo. Porém, em uma bola jogada na área, Kanu aproveitou o vacilo da defesa do time carioca e, de cabeça, fez aos 48min.

Retornos de um lado e de outro

Se do lado do Fluminense Douglas retornou ao gramados após mais de três se recuperando de dores articulares, no Vitória foi Kieza, recuperado de uma luxação no ombro, quem voltou a jogar após mais de dois meses. Enquanto o jogador tricolor começou como titular, o atacante rubro-negro entrou no início da segunda etapa.

VITÓRIA 2 X 2 FLUMINENSE

Local: Estádio Barradão, em Salvador (BA) 
Data: 10/09/2017 (domingo) 
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT) 
Assistentes: Eduardo Goncalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MS)
Público/Renda: 12.444 pagantes e 13.944 presentes / R$ 216.314,00
Cartões amarelos: Thallyson (Vitória); Lucas e Renato Chaves (Fluminense) 
Cartão vermelho: Robinho (Fluminense)
Gols: Neilton, aos 44min do primeiro tempo; Wendel, aos 2min, Henrique Dourado, aos 43min, e Kanu, aos 48min do segundo tempo 

VITÓRIA
Fernando Miguel, Caíque Sá, Kanu, Wallace e Juninho (Thallyson); Fellipe Soutto, Uillian Correia e Patric; Neilton, David (Kieza) e Trellez (Junior) 
Técnico: Vágner Mancini

FLUMINENSE
Júlio César, Lucas, Renato Chaves, Henrique (Nogueira) e Marlon; Jefferson Orejuela, Douglas (Robinho), Wendel e Gustavo Scarpa (Junior Sornoza); Wellington Silva e Henrique Dourado 
Técnico: Abel Braga

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos