Finalista com o Cruzeiro, Hudson terá volta ao São Paulo discutida

Bruno Grossi e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Hudson fez gol decisivo na semifinal contra o Grêmio, no Mineirão, pelo Cruzeiro

    Hudson fez gol decisivo na semifinal contra o Grêmio, no Mineirão, pelo Cruzeiro

Finalista da Copa do Brasil com o Cruzeiro, Hudson terá a relação com o São Paulo discutida em breve. A diretoria do Tricolor deve se reunir com o estafe do volante daqui duas semanas para iniciar conversas sobre uma eventual volta ao Morumbi. O empréstimo para a Raposa termina em 31 de dezembro deste ano e o clube mineiro pensa em comprá-lo.

Os são-paulinos enviaram Hudson ao time celeste para ter Neilton, que já foi dispensado e repassado ao Vitória. O empréstimo tem preço fixado, mas os valores são mantidos em sigilo. O volante virou titular com Mano Menezes e tem sido decisivo na Copa do Brasil. Na semifinal, marcou o gol que levou para os pênaltis a disputa com o Grêmio. Na primeira final com o Flamengo, foi dele o chute que Thiago rebateu e Arrascaeta completou para definir o 1 a 1 no Maracanã.

Essa valorização faz com que o jogador contratado pelo São Paulo em 2014 busque condições melhores para retornar ao clube paulista, que corre sérios riscos de rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. Na Raposa, dois fatores podem interferir na sequência de Hudson: a permanência de Mano, seu mentor, e as eleições presidenciais entre Wagner Pires de Sá, da situação, e Sergio Santos Rodrigues, da oposição.

O pleito está marcado para 2 de outubro e nenhum movimento para a próxima temporada será feito antes dessa data. Mesmo assim, o diretor de futebol da gestão de Gilvan de Pinho Tavares, Klauss Câmara, tenta tocar o planejamento para 2018. "Com relação a estar de olho no mercado, atento às oportunidades e com o planejamento técnico para a próxima temporada, está tudo bem planejado. Vamos esperar para ver se há viabilidade de fazer esse projeto", disse ele.

No São Paulo, Hudson tem contrato até 31 de dezembro de 2019, data definida em renovação no fim do ano passado. Foram 121 jogos e três gols com a camisa tricolor entre abril de 2014 e novembro de 2016. Já no Cruzeiro, o marcador soma 31 atuações e também três gols.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos