Perto dos 100 jogos pelo Galo, Robinho tem um desafio: renovar o contrato

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Robinho diz que sua vontade é renovar o contrato com o Atlético-MG

    Robinho diz que sua vontade é renovar o contrato com o Atlético-MG

Robinho chegou à Cidade do Galo em fevereiro de 2016, como a grande contratação para a temporada. O primeiro ano dos dois anos de contrato com o Atlético-MG foi de muito sucesso. Vestindo a camisa 7, como de costume, o atacante conseguiu feitos raros na vitoriosa carreira iniciada há mais de uma década. Robinho foi o artilheiro do Campeonato Mineiro, com nove gols, e terminou o ano como o principal goleador do futebol brasileiro, com 25 gols anotados.

Já em 2017, embora tenha conquistado um título pelo Atlético, o Estadual, com gol na final, diante do Cruzeiro, Robinho tem apresentado um rendimento muito abaixo do que mostrou na primeira temporada em Minas Gerais. Os gols sumiram, as boas partidas são raras e o banco de reservas se tornou uma rotina, como vai acontecer neste domingo, contra o Avaí, às 11h, na Ressacada, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Mas Robinho quer ficar. Embora o momento não seja dos melhores, algo que o próprio jogador admite. "Já passei por vários momentos. Nada para mim é novidade. Jogar, ser titular, ser artilheiro. Encaro tudo com naturalidade. A fase boa não dura para sempre, nem a fase ruim. Então, espero continuar treinando para aproveitar os minutos em campo e voltar a ser titular da equipe", comentou o atacante, que já atuou 95 vezes pelo Atlético.

A tendência é que muito em breve o atacante chegue aos 100 jogos pelo Galo. Apesar das vaias e da cobrança de parte da torcida, pelo futebol ruim de 2017, Robinho fala em renovar contrato com o Atlético. O vínculo do jogador se encerra em dezembro e o desejo, pelo menos neste momento, é de renovar.

"Espero fazer meu melhor. O Atlético é um grande clube, e a torcida cobra e sempre me apoiou. Não estou muito preocupado com o que vai acontecer na frente. Vivo o dia a dia. E estou feliz por estar jogando em um grande clube. Espero permanecer no clube pelo carinho que a torcida tem comigo, por ser um clube grande que briga por títulos e tem uma estrutura maravilhosa. Mas acho que a gente tem que trabalhar tranquilo, sabendo que tem que melhorar, pensando um dia após o outro".

Resta ao Atlético 16 partidas para encerrar a temporada 2017. São 15 pelo Campeonato Brasileiro e a final da Primeira Liga, contra o Londrina. Oportunidades para Robinho tentar retomar o bom futebol e fazer com que a diretoria atleticana mude de opinião. Por se tratar de um jogador tão caro e com um retorno ruim neste ano, a renovação do atacante é tratada como algo inviável para 2018.

Contrato tem cláusula de renovação automática

Quando o presidente do Atlético, Daniel Nepomuceno, sentou para negociar a contratação de Robinho, o dirigente ouviu da advogada do atleta, Marisa Alija, o desejo de assinar por três temporadas. Algo que o clube não aceitou. Porém, no acordo assinado em fevereiro do ano passado, com dois anos de duração, existe uma cláusula de renovação. No entanto, existem alguns requisitos para que essa cláusula de renovação automática seja ativada. Mas clube e jogador não dão detalhes sobre o assunto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos