De olho na Libertadores, Botafogo e Santos apostam em fase de goleiros

Bernardo Gentile e Samir Carvalho

  • Montagem/UOL

    Gatito Fernandez e Vanderlei são armas de Botafogo e Santos para duelo deste sábado

    Gatito Fernandez e Vanderlei são armas de Botafogo e Santos para duelo deste sábado

Botafogo e Santos se enfrentam neste sábado, às 19h, no Nilton Santos (Engenhão), pelo Campeonato Brasileiro. O que teria tudo para ser uma partida interessante, pelo bom momento dos clubes na temporada e na competição, porém, será esvaziado. Isso porque ambas as equipes estão envolvidas na Libertadores e não usarão a equipe principal. Os times, porém, apostarão na boa fase dos goleiros Gatito Fernandez e Vanderlei.

O Botafogo, verdade seja dita, faz mistério sobre a escalação. O time poderá ser totalmente reserva ou uma mescla com alguns titulares. Fato é que Jair Ventura não usará força máxima diante do Santos de olho na partida de volta contra o Grêmio, na próxima quarta-feira, em Porto Alegre, pelas quartas de final da Libertadores.

A dúvida no Botafogo existe porque a campanha no Brasileiro é boa e uma vaga no G-6 é realidade. Dessa forma, o técnico Jair Ventura quer aproveitar a oportunidade de encarar um Santos reserva em somar pontos na competição. O problema é que a possibilidade de lesões existe e não seriam perdoadas para a decisão com o Grêmio na próxima semana.

Inclusive, vários jogadores retornam de lesão e serão observados. Alguns deles podem precisar de ritmo de jogo e irão a campo caso não seja identificado algum tipo de desgaste muscular. João Paulo e Lindoso, por exemplo, são jogadores que podem inicial. Mesmo caso de Victor Luiz, que ficou de fora da partida contra o Grêmio na última quarta por suspensão.

O técnico Levir Culpi, por outro lado, não fez mistério e só relacionou dois titulares para o duelo contra o Botafogo: o goleiro Vanderlei e o zagueiro David Braz. Assim como Jair Ventura, o técnico Levir Culpi apostou na grande fase de seu goleiro para reforçar o time reserva e evitar gols do adversário.

Vanderlei, ao lado de Bruno Henrique, é o principal destaque do time na temporada. Por conta disso, o técnico Tite foi bastante questionado sobre a ausência do camisa 1 do Santos na convocação da seleção brasileira para as duas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro.

Com Vanderlei e Braz, o sistema defensivo não fica muito desentrosado. Isso porque Daniel Guedes, Luiz Felipe e Jean Mota atuam juntos desde o ano passado. Mas a grande aposta de Levir é Vanderlei, que costuma salvar o Santos quando o time não está bem em campo.

Levir, aliás, pode alcançar um recorde histórico no Santos. Caso não perca para o Botafogo, ele somará 18 jogos sem derrotas no comando da equipe santista e igualará Vanderlei Luxemburgo, que comandou o alvinegro praiano em 2007 e conquistou a maior série invicta do clube no século.

A principal novidade no time deve ser o retorno do meia Emiliano Vecchio, que está recuperado de uma grave lesão muscular na coxa direita. Ele não atua desde o dia 26 de julho, quando o Santos goleou o Flamengo por 4 a 2.

BOTAFOGO X SANTOS

Data e hora: 16/09/2017, sábado, às 19h (horário de Brasília)
Local: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Auxiliares: Marcio Eustaquio S Santiago e Celso Luiz da Silva (MG)

Botafogo
Gatito Fernandez; Luis Ricardo, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luis (Gilson); Rodrigo Lindoso, Dudu Cearense (Bochecha), João Paulo e Marcos Vinícius; Guilherme e Brenner.
Técnico: Jair Ventura

Santos
Vanderlei, Daniel Guedes, Luiz Felipe, David Braz, Jean Mota; Leandro Donizete, Léo Cittadini e Vecchio; Thiago Ribeiro, Kayke e Vladimir Hernández.
Técnico: Levir Culpi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos