Atlético-MG pode ficar distante do G-6, mas vaga na Libertadores é o foco

Do UOL, em Belo Horizonte

Com o empate em 1 a 1 diante do Avaí, em Florianópolis, o Atlético-MG pode terminar a 24ª rodada do Campeonato Brasileiro até seis pontos atrás da zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Distância que era de somente um ponto, duas jornadas atrás. Mesmo com os empates consecutivos, contra Palmeiras e Avaí, o Galo mantém o discurso de buscar um lugar no G-6.

Tanto que o resultado em Santa Catarina foi mais lamentado do que comemorado pelos jogadores atleticanos. Apesar de conseguir o gol de empate somente aos 37 minutos do segundo tempo, o resultado não agradou, como disse o meia-atacante Luan.

"A gente jogou melhor, no primeiro tempo principalmente. Erramos em algumas decisões. A gente sai com esse empate, não é ruim também. O importante é somar pontos. Estamos todos cientes que temos que melhorar a cada dia para poder ir para a Libertadores novamente", comentou o camisa 27.

Neste momento, a distância para o G-6 é de quatro pontos. No entanto, muitas equipes ainda não entraram em campo pela 24ª rodada. Casos de Flamengo e Cruzeiro, por exemplo, que antes das partidas disputadas no final de semana eram o quinto e o sexto colocados respectivamente.

Na próxima rodada o Galo recebe o Vitória, domingo, às 19h, no Independência. Vencer o adversário baiano é tratado como fundamental para o Atlético encostar no G-6 e entrar de vez na briga por um lugar na próxima Libertadores.

"Contra o Vitória nós temos de ganhar. Temos de ganhar para entrar naquela zona da classificação que nós queremos", disse o técnico Rogério Micale.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos