Paralelo à Copa, Cruzeiro vê rivais em queda e joga por consolidação no G-6

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Betto Jr/Light Press/Cruzeiro

    Para não sair mais do G-6! Cruzeiro recebe o Bahia com força total neste domingo

    Para não sair mais do G-6! Cruzeiro recebe o Bahia com força total neste domingo

Não é porque está a poucos dias da possibilidade de erguer sua quinta Copa do Brasil que o Cruzeiro vai deixar o Brasileirão de lado. Neste domingo, às 19h, a Raposa terá como adversário o Bahia dentro do Mineirão e não quer dar margem para uma derrapada dentro de casa. Além do aumento da confiança na véspera de uma final, o time celeste tem outros motivos para entrar com força total e vencer o Tricolor de Aço. Um deles é aproveitar o momento de instabilidade dos cinco clubes acima e se consolidar de vez dentro do G-6 da competição.

Depois de muito tentar durante o primeiro turno, o Cruzeiro finalmente parece estar se ambientando no primeiro pelotão da tabela que leva à próxima Libertadores. Presente no G-6 nas últimas três rodadas, a nova tarefa do time passa a ser permanecer no grupo e até alcançar voos maiores. Por isso, vale aproveitar o momento de alta da equipe para colar ainda mais nos adversários de cima que andaram tropeçando recentemente.

"Crescemos na Copa do Brasil e isso ajudou no Brasileiro, onde também estamos consistentes. Estamos provando isso no segundo turno. Queremos manter isso até o final para brigar e conseguir alcançar nossos objetivos. Temos que nos preocupar com o nosso time, ainda mais agora que os times da frente estão dando brecha para a gente chegar", comentou o volante Lucas Silva.

De fato, os primeiros cinco colocados têm dado algumas brechas para as outras equipes se aproximarem. Em 12 pontos disputados no returno, o Cruzeiro contabilizou sete, números que superam o desempenho do líder Corinthians (três), do vice-líder Grêmio (quatro) e também de Santos (seis), Palmeiras (quatro) e Flamengo (seis). Por outro lado, o Cruzeiro ainda é seguido de perto por outros clubes que também estão em uma crescente. A começar pelo Botafogo, que venceu três partidas no returno e está com a mesma pontuação. Vasco, Atlético-PR e Fluminense também surgem apenas três pontos de desvantagem.

"Há três rodadas que nós já estamos no G-6. Está começando a se definir quem vai brigar até o final. Estamos há 12 jogos em casa sem perder. Temos que manter isso para ganhar mais confiança para os próximos jogos", comentou Robinho, que estará em campo neste domingo contra o Bahia.

Além de manter-se vivo na briga pela Libertadores via Campeonato Brasileiro, continuar regular no torneio de pontos corridos pode ajudar na manutenção do bom ambiente dentro do clube antes de pegar o Flamengo, pela Copa do Brasil. Vale lembrar que no ano passado o cenário era bem diferente, com o Cruzeiro precisando superar o Grêmio no mata-mata, mas em alerta e dividindo suas atenções com a ameaça do rebaixamento no Brasileirão.

CRUZEIRO x BAHIA

Motivo: 24ª rodada, Brasileirão 2017
Data/Hora: 17/09/2017, às 19h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte
Árbitro: Wagner Reway - MT (FIFA)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz - MS (CBF) e Fábio Rodrigo Rubinho - MT (CBF)

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Léo, Murilo e Diogo Barbosa; Hudson e Henrique; Thiago Neves, Robinho e Rafinha; Raniel. Técnico: Mano Menezes.

BAHIA: Jean; Eduardo, Tiago, Lucas Fonseca e Juninho Capixaba; Edson e Juninho; Vinícius, Zé Rafael e Mendoza; Rodrigão. Técnico: Preto Casagrande.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos