Desfalques atrapalham Abel, e Fluminense tropeça com "zaga de juniores"

Do UOL, em São Paulo

É verdade que o Fluminense até chegou a abrir o placar contra o Atlético-PR, nesse domingo (17), mas a derrota de virada por 3 a 1 não foi nenhuma surpresa pelo futebol apresentado dentro de campo. Prova disso é que o técnico Abel Braga falou depois da partida que "não sai decepcionado" da Arena da Baixada. O mal desempenho teve relação com as muitas mudanças que o treinador precisou fazer na equipe, principalmente na defesa.

A zaga contra o time rubro-negro foi praticamente toda reserva. Os titulares Henrique e Renato Chaves estão lesionados, e Lucas cumpriu suspensão. Desta forma, a linha defensiva teve Mateus Norton, Nogueira e Frazan.

Nenhum deles cometeu algum erro grave na partida, mas os jovens encontraram muitas dificuldades para marcar o ataque do Atlético-PR, que criou uma chance atrás da outra no primeiro tempo e fez três gols na etapa final. Mesmo assim, Abel não criticou a jovem zaga, mas lamentou os desfalques, não só da defesa.

"A situação é delicada. Viemos sem o lateral-direito, dois zagueiros e dois homens do meio. Douglas e Orejuela foram vetados pelo DM. Foi praticamente uma defesa de juniores que foi muito bem", afirmou o treinador.

O Fluminense volta a jogar na próxima quinta-feira, quando visita a LDU pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. A partida de ida, no Rio, terminou 1 a 0 para os cariocas.

A boa notícia para o torcedor é que Lucas, Orejuela e Douglas podem retornar na quinta, mas a espera ainda terá que ser maior para o retorno dos zagueiros titulares. Henrique e Renato Chaves ainda não devem estar à disposição para o duelo contra o time equatoriano.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos