"É só vencer, deixa para outras equipes darem espetáculo", diz Dudu

Do UOL, em São Paulo (SP)

Equipe com maior investimento para 2017, o Palmeiras ainda não alcançou o desempenho esperado pela crítica e torcedores. Neste momento da temporada, no entanto, os resultados são mais valorizados do que as boas atuações, como afirmou o capitão Dudu, depois do triunfo por 1 a 0 desta segunda-feira sobre o Coritiba, no Estádio do Pacaembu.

Em entrevista concedida na saída do gramado, o camisa 7 palmeirense afastou a pressão sobre um rendimento acima da média da equipe comandada por Cuca. Para Dudu, bastam os três pontos neste momento de retomada do time na temporada.

"A gente não precisa fazer grandes jogos, é só vencer. A torcida quer que a gente vença, deixa para as outras equipes darem espetáculo", declarou Dudu após a vitória magra deste fim de 24ª rodada.

Mesmo com os 13 pontos de desvantagem em relação ao líder Corinthians, Dudu ainda objetiva a conquista do Campeonato Brasileiro para esta temporada.

O jogador quer manter o embalo (dos resultados) para se aproximar do arquirrival até o fim do ano – são três jogos de invencibilidade do time alviverde na competição.

"Temos muitos jogos ainda e estamos em uma crescente boa. Agora é somar o máximo possível para, quem sabe, no fim do ano comemorar", acrescentou o jogador, em entrevista concedida ao Sportv.

Cuca possui uma projeção de arrancada para as próximas cinco rodadas. A meta é alcançar resultados positivos neste período para diminuir ao máximo a distância em relação ao Corinthians antes do dérbi deste segundo turno, marcado para o dia 5 de novembro, na Arena.

Antes de pensar no líder, Dudu e companhia retornam ao trabalho na tarde desta terça-feira. O próximo compromisso do Palmeiras está marcado para domingo, às 16h (de Brasília), contra o Fluminense, no Rio de Janeiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos