Corinthians vê Jadson cair de produção, e Carille estuda escalar M. Gabriel

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

A vitória diante do Vasco e a vantagem ainda maior na liderança não foram suficientes para os corintianos deixarem de lado a queda de produção de Jadson.

O meio-campista tem sido um dos mais questionados na instabilidade vivida pelo Corinthians nas derrotas para Atlético-GO, Vitória e Santos e agora vê sua titularidade ameaçada. Até mesmo no triunfo do último domingo ele foi questionado pela falta de criatividade.

Em sua coletiva de imprensa, inclusive, Carille admitiu que não gostou do que viu da produção de Jadson, especialmente do primeiro tempo.

Marquinhos Gabriel é o que surge com mais chance de assumir esse posto, especialmente após iniciar a jogada do gol da vitória com gol de mão de Jô. O técnico avisa que pode fazer a troca, mas destaca que a entrada do atleta mudaria o sistema de jogo.

"Dependendo do jogo, sim, eu posso escalar o Marquinhos como titular. Mas isso muda um pouco, porque eu jogaria com dois mais abertos e um outro pelo meio", analisou.

Em 2017, Marquinhos chegou a ter chances como titular, mas diversos problemas de lesão o afastaram por muito tempo dos gramados. Até aqui, ele atuou em 24 partidas e fez dois gols. Em apenas duas ocasiões, no entanto, ele jogou por 90 minutos.

"O Marquinhos Gabriel é importantíssimo para nós. Ele está voltando de lesão e, com ele, eu mudo as características da equipe. Ele já iniciou contra o Coritiba e saiu machucado. Iniciou contra o Flamengo e também saiu machucado. Ele está tendo problemas de lesão e é um jogador que precisa de mais cuidado".

Apesar das cobranças em cima de Jadson, o goleiro Cássio saiu em defesa do companheiro após a partida e destacou a importância do coletivo do elenco alvinegro.

"Não acho que ele (Jadson) esteja mal. Sempre frisei que o Corinthians não tem um craque ou apenas um jogador que faça a diferença. Pela qualidade dele, se espera que ele coloque um jogador na cara do gol, ou faça o gol numa bola parada. Às vezes isso não acontece e pode vir um pouco a cobrança, mas a gente tem muita confiança nele", afirmou o goleiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos