Organizada do Coritiba cobra direção e quer melhora "por bem ou por mal"

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Ale Cabral/AGIF

    Jogadores na derrota para o Palmeiras: cobranças fortes da Organizada

    Jogadores na derrota para o Palmeiras: cobranças fortes da Organizada

De volta à zona de rebaixamento após a derrota para o Palmeiras (0 a 1) no encerramento da 24ª rodada, o Coritiba está sob pressão da sua principal torcida organizada, "Império Alviverde", que cobrou duramente a diretoria e exigiu uma reação "por bem ou por mal" nas próximas rodadas, em texto divulgado no Facebook (ver abaixo).

"Por bem ou por mal, a gente não vai ficar passivo no sentido de só apoiar. Vamos cobrar também durante o jogo. Nos 90 minutos a gente vinha apoiando. Agora não, não vamos ser passivos com a situação", contou Juliano Nicolosi Rodrigues, o Lano, presidente da Império.

"Não é nenhuma ameaça física. Vamos cobrar onde tivermos direitos, na arquibancada ou na rua", afirmou. Lano contou que membros da organizada já se encontraram em três ocasiões com lideranças do elenco. Não quis apontar um único culpado, mas disse que, como principal movimento de torcedores do clube, a organizada também é cobrada para ter atitudes assim:

"A torcida estava segurando até agora. Não que ontem... é difícil ganhar do Palmeiras em São Paulo. Mas a gente é cobrado por parte dos torcedores e a gente tem que assumir uma posição também. Já fizemos três reuniões com o grupo, cobramos, dizem que não é salário, não é a comissão... a gente não entende como pode jogar tão bem no começo e como pode jogar tão mal nos últimos jogos", respondeu Lano.

Veja a postagem da Império Alviverde:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos