Willian é denunciado por expulsão e pode ser punido por até 12 jogos

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Rodney Costa/Eleven/Estadão Conteúdo

    Artilheiro do Palmeiras no ano, Willian será julgado na próxima semana pelo STJD

    Artilheiro do Palmeiras no ano, Willian será julgado na próxima semana pelo STJD

O Palmeiras está novamente na mira do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). Na tarde desta quinta-feira, o clube, o zagueiro Luan e o atacante Willian foram denunciados na entidade. Os dois jogadores acabaram enquadrados pela expulsão diante do Atlético-MG, em partida disputada no último dia 9, no Independência, em Belo Horizonte, e serão julgados na próxima semana.

O quadro mais preocupante é o do atacante Willian. Expulso por chutar as partes íntimas do meia atleticano Valdivia, o artilheiro palmeirense da temporada foi denunciado no artigo 254-a [praticar agressão física durante a partida, prova ou equivalente]. A pena prevê uma suspensão de quatro a 12 partidas.

Já Luan acabou enquadrado no artigo 250 [I — impedir de qualquer forma, em contrariedade às regras de disputa do jogo, uma oportunidade clara de gol, pontuação ou equivalente; II — empurrar acintosamente o companheiro ou adversário, fora da disputa da jogada]. A punição é de um a três partidas.

O próprio Palmeiras será julgado no tribunal; no caso, no artigo 191, inciso III. O clube alviverde é acusado pela procuradoria do STJD por um erro na relação de atletas entregue à arbitragem – o sobrenome do zagueiro Luan foi repassado errado antes do jogo.

A arbitragem realizou um adendo na súmula, o que gerou a denúncia ao Palmeiras. O clube alviverde, caso condenado pelo erro, pagará uma multa de R$ 100,00 a R$ 100.000,00.

"Informo para os devidos fins que conforme relação recebida 1 hora antes do horário do jogo pelo quarto árbitro, conforme RGC, está relacionado o atleta n13 com o nome Sr: Luan Cândido de Almeida, porém, um equívoco de digitação por parte do responsável da equipe SE Palmeiras (...), leia-se atleta n13 Luan Garcia Teixeira. Portanto, tanto na relação de atletas como também no campo de advertências e expulsões, onde constar o nome do atleta da equipe SE Palmeiras n13 Luan Cândido de Almeida, leia-se atleta n13 Luan Garcia Teixeira", escreveu o árbitro.

Como o julgamento dos palmeirenses ocorrerá somente na próxima semana, Willian e Luan estão liberados para o confronto de domingo, às 16h (de Brasília), contra o Fluminense. Os dois cumpriram a suspensão automática pelos cartões vermelhos recebidos contra o Atlético-MG na vitória (1 a 0) da última segunda-feira contra o Coritiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos