Bruno Henrique lamenta expulsão na Libertadores e lembra cabeçada de Zidane

Do UOL, em São Paulo

Bruno Henrique fez o gol da vitória do Santos por 1 a 0, neste sábado (23), contra o Atlético-PR. Após a partida, o jogador falou sobre a situação oposta que viveu na quarta-feira, quando foi expulso por dar uma cusparada na eliminação do time alvinegro da Libertadores. O atacante lembrou até Zinedine Zidane.

"Fico triste pelo que aconteceu. Em final de Copa do Mundo (de 2006), o Zidane deu a cabeçada no Materazzi, e ele é ser humano igual a mim. Eu errei, fui muito criticado, mas você tem que digerir e dar resposta. Não posso parar. Foi o que fiz. Pedi desculpas a todos, especialmente aos jogadores do Barcelona, e o que aconteceu aqui ficou em campo, mas hoje fui honrado e coroado com o gol da vitória", disse o jogador ao canal Premiere.

Na última quarta-feira, o time alvinegro perdeu por 1 a 0 para o Barcelona-EQU e acabou eliminado em plena Vila Belmiro nas quartas de final da Libertadores. "Todos estão chateados e digerindo o que aconteceu. Nós somos seres humanos e temos família. Agora, podemos chegar em casa e comemorar, porque todos sofremos com a eliminação. Depois de poucos dias, poder entrar em campo e fazer um bom jogo não é fácil, mas entramos muito bem e saímos com a vitória", explicou Bruno Henrque.

"Fui muito julgado por pessoas que não precisavam. Dentro de campo, eu dei o meu melhor, pedi desculpas, mas fui muito criticado pela imprensa e por outras pessoas", acrescentou o jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos