Corintianos celebram empate no Morumbi e Clayson admite exaltação em gol

Bruno Grossi e Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

O resultado em 1 a 1 ficou de ótimo tamanho na avaliação de jogadores corintianos, neste domingo, no Morumbi. O placar conquistado contra o São Paulo com gol de Clayson foi bem recebido pelos atletas e permite ao Corinthians se manter invicto contra o rival em 2016 depois de seis duelos, com três vitórias e três empates.  

"No primeiro tempo, erramos muitos passes e tomamos um gol. No segundo tempo, entramos mais focados, colocamos a bola no chão e empatamos. Acho merecido. Nos entregamos até o final e esse ponto é muito importante", declarou Arana. 

"O Brasileiro é complicado, a gente sabe que pontuar fora é muito importante. Jogar com o rival, dentro da casa deles...não fizemos bom primeiro tempo, sabemos disso. Conseguimos pressionar, pôr a bola no chão e empatar o jogo. Saímos satisfeitos pelo segundo tempo que a gente fez", disse Fagner. 

Já Marquinhos Gabriel, acionado no intervalo, ficou também satisfeito. "Na hora certa as coisas vão acontecer, a equipe está bem montada, postada, o que vem pela frente deixamos nas mãos de Deus. O resultado é ótimo", afirmou. 

Por fim, o herói do dia foi Clayson, que tirou a camisa ao marcar o gol do empate e correu em direção à arquibancada. Ele admitiu emoção ao marcar pela primeira vez no atual clube. "Primeiramente, agradeço a Deus. Só ele sabe a minha luta. Eu vinha falando deste gol e sabia que ele sairia na hora certa. Foi num momento importante, com ajuda companheiros pude fazer gol", comentou. 

"Acabei me exaltando, fui pra qualquer lado. Tenho respeito pela torcida deles e fui comemorar como achava que tinha, então corri para aquele lado. Fui sem querer", concluiu Clayson. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos