Na chegada ao Galo, Oswaldo diz que recebeu convite em programa de TV

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Victor Martins/UOL Esporte

    Oswaldo de Oliveira já na Cidade do Galo

    Oswaldo de Oliveira já na Cidade do Galo

Confirmado como treinador do Atlético-MG na manhã desta terça, Oswaldo de Oliveira chegou ao clube falando sobre a missão de livrar o clube da inesperada ameaça de rebaixamento. Em sua primeira entrevista como comandante do clube alvinegro, ele deu detalhes de como recebeu o convite para treinar o Galo. 

"Eu fiquei surpreso, pois estava num programa da ESPN [Resenha ESPN, no último domingo à noite] e meu telefone tocou. Eu já sabia sobra a saída do Micale. Eu fiquei surpreso, mas muito feliz de ter essa possibilidade. Era um sonho. Fossem qual fossem as circunstâncias, eu ira aceitar. Não como um treinador tampão, mas como um treinador que sonha com cumprir o contato até o ano que vem. Minha missão é terminar bem agora e começar ano que vem com sonhos, com um trabalho mais organizado, mais racional da maneira que eu acho que tem de ser o trabalho de um treinador de futebol", comentou o novo técnico do Atlético, que teve versão confirmada pelo presidente do clube.

"Conversei com o Oswaldo já era madrugada de domingo para segunda. A primeira pergunta foi: 'Você está acompanhando?'. Ele disse: 'Claro, ele estava até num programa de televisão'. Ele sabe exatamente o que a gente precisa", informou Daniel Nepomuceno.

Após a entrevista coletiva, Oswaldo de Oliveira contou rapidamente como foi o primeiro contato com o Atlético. "Estava no programa e tocou o telefone, com o DDD 31. Na hora o Alex já começou a brincar, falando que era o Atlético", contou Oswaldo, aos risos entre os jornalistas presentes na Cidade do Galo.

Como o contrato é até o fim da próxima temporada, o novo treinador do Galo chegou à Cidade do Galo falando em conquistar títulos. A missão, segundo ele, é primeiro terminar bem 2017 e depois montar o time para o ano que vem. "É nisso que eu acredito. Meus melhores desempenhos foram quando pude dar continuidade", completou.

Veja, a seguir, alguns trechos da entrevista:

Sonho realizado ao chegar no Atlético

"Antes da primeira pergunta, gostaria de expressar a satisfação de estar aqui. Dirigir o Atlético é a realização de um sonho. Já dirigi outras grandes equipes brasileiras. Confesso que o Atlético não é só a composição do meu currículo, é a realização de um sonho. Em 1999, vim com o Corinthians disputar a primeira partida da final do campeonato, e fiquei impressionadíssimo com a manifestação do torcedor do Galo no Mineirão. Aquilo mexeu comigo. É um dos motivos mais fortes que fazem eu estar aqui hoje".

Responsabilidade pelo resultado

"Existem dois pontos de vistas claros. No meu ponto de vista, estou aqui hoje para pilotar esse projeto e vou me responsabilizar daqui para frente por tudo que acontecer. Claro que o rescaldo da temporada terá interferência. Vou ter que trabalhar muito a parte psicológica. Tenho que analisar o que tenho que fazer agora, ver esses 14 jogos e procurar ajudar a equipe no melhor que eu puder. Essa responsabilidade eu tenho".

Qualidade do elenco

"O elenco é tudo aquilo sim. Muito bom. Tem variáveis e circunstâncias que precisam ser determinadas. Como eu disse, acho que o momento psicológico não é bom, porque a equipe acabou se afastando dos grandes títulos, mas acredito muito na reconstrução, nesses dois meses que nós temos, de fazer boas partidas. Que essa reação aconteça e esse elenco prove sua capacidade".

Eleições do clube e resultados em campo para seguir em 2018

"Existem dois pontos de vista: o meu e o da sucessão da direção do clube. Do meu ponto de vista, a responsabilidade é minha, sim. E vou me responsabilizar daqui para frente por tudo o que acontecer. O que vem desde o início da temporada tem interferência. Tenho que trabalhar mais a cabeça do jogador que no plano tático, físico ou técnico. Isso vem sendo trabalhado por outros dois grandes profissionais. Tenho que analisar o jogos e ajudar a equipe".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos