Balbuena admite queda e cobra melhor desempenho diante do Cruzeiro

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Alan Morici/Framephoto/Estadão Conteúdo

    Balbuena quer retomar o bom desempenho do Corinthians nas próximas rodadas

    Balbuena quer retomar o bom desempenho do Corinthians nas próximas rodadas

Um dos líderes do elenco do Corinthians admitiu a queda de desempenho da equipe no segundo turno do Campeonato Brasileiro. Em entrevista concedida na tarde desta quinta-feira no CT Joaquim Grava, o zagueiro Fabián Balbuena analisou a atual situação corintiana e revelou a cobrança interna pela melhoria de desempenho nas próximas rodadas.

Depois de campanha histórica no primeiro turno do Brasileirão – 47 pontos, recorde na Era dos pontos corridos -, o Corinthians sofreu três derrotas nos seis jogos do returno. Mesmo com nítida queda de resultados, a equipe alvinegra ainda possui confortáveis dez pontos de vantagem em relação ao vice-líder Santos na tabela de classificação.

A vantagem, no entanto, não conforta Balbuena. O zagueiro cobra o crescimento da equipe para os resultados reaparecerem, e o Corinthians se aproximar cada vez mais da conquista do sétimo brasileiro de sua história.

"Os resultados são os que dão o título, o mais importante é isso. Mas, ao ter um bom desempenho, você estará mais próximo de um bom resultado, então nós iremos procurar isso. Alcançamos um nível e agora estamos um pouco abaixo, então queremos voltar, porque assim ficamos mais perto das vitórias", destacou o paraguaio.

Balbuena ainda vê "muitos times" na briga pelo troféu do Campeonato Brasileiro. Pela forte concorrência – Santos, Grêmio e Palmeiras são os rivais mais próximos na disputa -, o paraguaio analisa que o Corinthians necessita, no mínimo, se aproximar do desempenho da primeira parte da competição para manter os concorrentes afastados.

No diagnóstico do camisa 4, uma questão em especial precisa evoluir nas próximas semanas, a começar pelo jogo de domingo, às 16h (de Brasília), contra o Cruzeiro, recém-campeão da Copa do Brasil, no Mineirão. Balbuena vê os erros de passes como um problema corintiano neste segundo turno.

"Caímos um pouco neste aspecto nos últimos jogos, perdemos muito rápido a bola, dava a posse para o adversário e dificultava um pouco mais. Correr atrás da bola é difícil, e você se desgasta mais. Queremos caprichar e criar mais chances agora. Estamos trabalhando e nos cobrando, sabemos que as coisas vão melhorar", encerrou Balbuena.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos