Rivais recentes, Santos e Palmeiras hoje decidem quem caça o Corinthians

Danilo Lavieri e Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo

  • Montagem BOL / Reprodução/Twitter

    Máscaras de Ricardo Oliveira marcam jogo importante para Palmeiras e Santos

    Máscaras de Ricardo Oliveira marcam jogo importante para Palmeiras e Santos

Embora tenham melhorado a relação entre diretorias após o episódio envolvendo o nome de Lucas Lima, Palmeiras e Santos ainda mantêm uma rivalidade recente que deve voltar a ter capítulo importante neste sábado (30), na 26ª rodada do Brasileirão, às 19h, no Allianz Parque: a briga pelo lugar de vice do Brasileirão.

Deixando o Grêmio de lado (a equipe gaúcha está na semifinal da Libertadores e poupará no Nacional), os dois entram em campo para se aproximar ainda mais do líder Corinthians. Quem vencer, poderá secar o Alvinegro no confronto de domingo, contra o Cruzeiro.

O jogo deste sábado, no Allianz Parque, remete aos tempos do início da rivalidade. Em 2015, Ricardo Oliveira debochou do Palmeiras em uma comemoração e acabou virando máscara na hora da comemoração palmeirense pelo título da Copa do Brasil, com direito a Fernando Prass batendo o pênalti que decretou o título.

Daniel Vorley/AGIF
Felipe Melo vibra com virada do Palmeiras na Vila Belmiro

Antes disso, os palmeirenses haviam se irritado com a derrota no Paulistão do mesmo ano. Depois, em 2016, o Alviverde foi novamente eliminado no Estadual para os santistas, mas, desta vez, na semifinal. O jogo ficou marcado por um empate nos minutos finais após o Santos estar vencendo por 2 a 0. Nos pênaltis, o time praiano levou a melhor.

O Palmeiras ainda amargou um jejum de seis anos sem vencer na Vila Belmiro e conseguiu o fim da incômoda sequência em uma outra partida eletrizante, com vitória de virada e dancinha de Felipe Melo contra a torcida santista.

Neste sábado, o Santos subirá a serra para tentar dar o troco. Desde a inauguração, o Allianz Parque nunca presenciou uma vitória da equipe da Vila Belmiro.
As duas equipes terão desfalques. Edu Dracena, Mina e Egídio são as baixas alviverdes, enquanto Lucas Lima, Renato, Victor Ferraz e Vecchio (por opção do técnico) são os problemas para Levir Culpi.

Mattos xingou Lucas Lima em comemoração

A rivalidade entre Palmeiras e Santos chegou a ser tão forte que fez o diretor de futebol, Alexandre Mattos, puxar coro contra Lucas Lima no trio elétrico na hora de comemorar o eneacampeonato na Avenida Paulista. "Ei, Lucas Lima, vai tomar no ...", foi o coro puxado pelo executivo.

Antes disso, a relação entre diretorias também não era das melhores. O Palmeiras levou a melhor em disputas recentes no Mercado da Bola, em casos como o de Guerra, Keno e Tchê Tchê. Isso irritou os santistas. Um papo entre presidentes para tratar do caso Lucas Lima, no entanto, selou a reaproximação.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X SANTOS

Data
: 30 de setembro, sábado
Horário: 19h (de Brasília)
Local: Allianz Parque, em São Paulo
Juiz: Marcelo Aparecido R de Souza - SP (CBF)
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho - SP (CBF) e Bruno Salgado Rizo - SP (CBF)

PALMEIRAS: Prass; Mayke, Luan, Juninho e Zé Roberto; Jean, Tchê Tchê e Moisés; Dudu, Willian e Deyverson
Técnico: Cuca

SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, David Braz e Zeca; Alison, Matheus Jesus (Leandro Donizete), Jean Mota; Copete, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique.
Técnico: Levir Culpi

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos