Ricardo Oliveira evita careta em gol decisivo: "nunca foi provocação"

Do UOL, em Santos (SP)

Autor do gol que garantiu a vitória por 1 a 0 do Santos em clássico contra o Palmeiras disputado neste sábado (30), no Allianz Parque, Ricardo Oliveira evitou qualquer tipo de polêmica após balançar as redes e não fez careta na comemoração – assim como já aconteceu anteriormente.

Após o apito final, Ricardo Oliveira destacou que a careta surgiu de forma espontânea e que jamais foi utilizada como forma de provocação ao rival Palmeiras.

"A comemoração é espontânea. Isso é válido. Sempre falei que não foi provocação. Mas o futebol é assim, o gostoso é que existe essa rivalidade, mas sempre dentro de um respeito", acrescentou o atacante, que marcou de cabeça aos 30min do segundo tempo.

Palmeiras e Santos fizeram mais um jogo bastante disputado, assim como vem acontecendo nos últimos anos. A rivalidade, aliás, foi destacada pelo zagueiro David Braz após o apito final.

Não foi só o gramado que deixou o clássico assim. Palmeiras e Santos sempre tem sido equilibrado, cada disputa de bola vai ter dividida, discussão.

O triunfo na casa de um adversário com quem alimenta uma grande rivalidade nos últimos anos ratifica o Santos como principal perseguidor ao Corinthians na briga pela taça. O resultado positivo deixou a equipe da Baixada Santista com 47 pontos, sete a menos do que os corintianos, que entram em campo neste domingo para encarar o Cruzeiro, no Mineirão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos