Com homenagens a Roger, Botafogo leva virada do Vitória nos acréscimos

Do UOL, em São Paulo

De virada e com gol nos acréscimos, o Botafogo foi derrotado por 3 a 2 pelo Vitória neste domingo (1º de outubro), no Engenhão, pelo Campeonato Brasileiro. O gol do triunfo foi marcado por Danilinho, aos 49 da etapa final – David e André Lima também balançaram as redes para o time baiano, que venceu o quinto jogo consecutivo como visitante. Brenner foi o autor dos dois gols do clube carioca. A partida foi marcada por inúmeras homenagens ao atacante Roger, diagnosticado com um tumor renal.

O resultado fez o Vitória saltar para a 11ª colocação, com 32 pontos – dois acima da zona de rebaixamento. O Botafogo se manteve na sexta posição, com 40, mas desperdiçou a chance de igualar a pontuação do Palmeiras, quarto colocado.

Na próxima rodada, o Botafogo, em mais um compromisso dentro de casa, recebe a Chapecoense. O Vitória tem duelo direto para se afastar de vez da luta contra a queda e enfrenta o Sport, no Barradão.

Força, Roger!

O atacante Roger foi homenageado antes da partida. O telão do estádio exibiu a imagem do jogador com a mensagem "#ForçaRoger", enquanto o sistema de som dedicava uma oração ao atleta. Além disso, na beira do gramado, o técnico Jair Ventura comandou a equipe utilizando a camisa número 9 em homenagem ao atacante.

Roger passará por cirurgia nos próximos dias para determinar a gravidade da doença. Ele está fora do restante da atual temporada.

Thiago Ribeiro/AGIF
Jair Ventura veste camisa número 9 em homenagem a Roger

Vitória sai na frente com David

O Vitória inaugurou o placar no Engenhão em uma jogada de contra-ataque aos 14 minutos do primeiro tempo. Tréllez recebeu lançamento de Neílton, disparou em velocidade, e chutou cruzado na saída de Gatito Fernández. A bola carimbou a trave e voltou para David, sozinho, empurrar para o gol vazio.

Gatito impede o segundo

Aos 21 minutos, mais uma vez com David, o Vitória teve grande chance para ampliar. O atacante invadiu a área pela esquerda, passou por dois defensores, e tentou encobrir Gatito. O goleiro do Botafogo conseguiu boa defesa para impedir o segundo do adversário.

Substituto de Roger, Brenner iguala o placar

O Botafogo chegou ao empate aos 25 minutos da etapa inicial. João Paulo cobrou falta para a entrada da área, Rodrigo Pimpão desviou de cabeça e Brenner – substituto de Roger – apareceu livre na pequena área para completar. Na comemoração, os jogadores do Botafogo exibiram uma camisa de número 9 para a arquibancada.

Tréllez para na trave (de novo)

Tréllez, que já havia carimbado a trave no lance que culminou no gol de David, experimentou a sensação pela segunda vez na partida aos nove minutos da etapa final. O atacante arriscou de fora da área e acertou o pé da trave esquerda de Gatito. Desta vez, no entanto, a bola foi para fora na sequência da jogada.

De pênalti, Brenner faz o segundo

Após pênalti de Caíque em Léo Valencia, marcado com atraso pela arbitragem, aos 15 minutos da segunda etapa Brenner colocou o Botafogo em vantagem. Com tranquilidade, o atacante deslocou o goleiro e anotou o segundo dele na partida. 

André Lima deixa tudo igual

O placar voltou a ficar empatado no Engenhão aos 43 minutos do segundo tempo, com gol de André Lima. O centroavante, que entrou em campo no lugar de Uillian Correia, completou de cabeça após cobrança de escanteio.

Virada no último minuto

A partida se encaminhava para o empate quando o Vitória conseguiu o gol da virada. Aos 49 minutos, Danilinho recebeu de Neílton dentro da área e foi travado. Na base da insistência, o atacante soltou uma bomba para estufar a rede e garantir o triunfo.

Visitante indigesto

O triunfo no Engenhão manteve o retrospecto de visitante indigesto do Vitória no Campeonato Brasileiro. O time baiano não perde longe do Barradão há seis rodadas – sendo cinco vitórias consecutivas. De quebra, ainda encerrou a boa sequência do Botafogo, que vinha de quatro jogos sem tropeçar.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 3 VITÓRIA
 
Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro
Data: 1º de outubro de 2017, domingo
Árbitro: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Cartões amarelos: Gatito Fernández (Botafogo); Caíque e Cleiton Xavier (Vitória)
Cartão vermelho: Leo Valencia (Botafogo)
 
Gols: Brenner, aos 25 minutos do primeiro tempo e 15 minutos do segundo tempo (Botafogo); David, aos 14 minutos do primeiro tempo; André Lima, aos 43 minutos do segundo tempo; Danilinho, aos 49 minutos do segundo tempo (Vitória)
 
BOTAFOGO: Gatito Fernández, Luis Ricardo, Joel Carli (Marcelo), Igor Rabello e Víctor Luís (Gilson); Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, João Paulo e Marcos Vinícius (Leo Valencia); Rodrigo Pimpão e Brenner.
Técnico: Jair Ventura
 
VITÓRIA: Caíque, Patric, Ramon, Wallace Reis e Geferson (Danilinho); Fillipe Soutto, Uillian Correia (André Lima) e Yago; Neilton, Santiago Tréllez e David (Cleiton Xavier).
Técnico: Vagner Mancini

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos