Robinho marca após quatro meses e agradece confiança passada por Oswaldo

Do UOL, em Belo Horizonte

Antes mesmo antes de a bola rolar na Arena da Baixada, Robinho já era um dos personagens do duelo entre Atlético-PR e Atlético-MG, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem ser titular do time mineiro há dois meses, em jogos pela competição, o atacante teve a escalação confirmada por Oswaldo de Oliveira dois dias antes do confronto.

E Robinho não decepcionou. Foram deles os dois gols do triunfo do Galo sobre o xará paranaense, na Arena da Baixada. E fazia tempo que o camisa 7 atleticano não comemorava um gol. Antes dos dois marcados sobre o Atlético-PR, o atacante não marcava desde o duelo com a Ponte Preta, pela 3ª rodada do Brasileirão, em 28 de maio.

Foram quatro meses de jejum, com 22 partidas disputadas nesse período. E os dois gols diante do Atlético-PR só saíram graças ao técnico Oswaldo de Oliveira. Apenas de não ter nem sequer uma semana de Cidade do Galo, o treinador deu moral para Robinho, que tinha virado reserva durante o período em que Rogério Micale esteve no comando técnico.

Tanto que antes do confronto desta noite, o Rei das Pedaladas não começava uma partida do Brasileirão como titular há dois meses. O retorno como dono da posição foi em grande estilo, com dois gols no mesmo jogo, o que Robinho não fazia desde julho do ano passado, quando o Galo bateu o Coritiba, por 2 a 1.

E o camisa 7 soube reconhecer a importância de Oswaldo de Oliveira, com quem já havia trabalhando em duas oportunidades, ambas no Santos, em 2005 e 2014.

"Jogar tendo a confiança do treinador é importantíssimo. É preciso ter essa confiança do técnico e também do torcedor, para voltar a jogar um bom futebol", disse Robinho, que depois de muito tempo voltou a ser decisivo para o Atlético.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos