Sem acesso, organizada do Atlético-PR protestou em festa fora da Arena

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

Cerca de 3 mil pessoas se reuniram na Praça Afonso Botelho, em frente a Arena da Baixada, em Curitiba, antes do duelo entre os Atléticos Paranaense e Mineiro pelo Brasileirão, para protestar contra a diretoria do Furacão pelas restrições dadas às torcidas organizadas do clube. Como forma de protesto, os torcedores ocuparam uma espécie de arquibancada na praça, com faixas, batuque e sinalizadores, o que é proibido dentro da Arena (veja o vídeo acima).

Punida desde março, a organizada "Os Fanáticos" vem travando embates com a diretoria atleticana, em especial com o presidente licenciado do Conselho Deliberativo, Mario Petraglia, alvo de críticas constantes. A mais recente se dá por conta da diferença de tratamento do dirigente com a torcida do clube e as permissões concedidas aos torcedores do Paraná Clube, inquilino do estádio nesta terça (3), em duelo contra o Internacional pela Série B.

"O que nós queremos é poder voltar a fazer essa festa dentro do nosso estádio. O que deixa a gente triste é que ele liberou a festa para a torcida do Paraná, esse ano ele já deixou o nosso jogo mais importante em outro estádio para um jogo de vôlei. A gente abre mão de jogar no nosso estádio para jogar num com capacidade bem menor enquanto que o Paraná vai fazer o jogo mais importante deles na Arena, com festa e torcida", criticou o diretor geral da "Fanáticos", Gilmar Alves.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos