Com Leonardo Silva fora, Felipe Santana vai ter nova chance no Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Felipe Santana é outro jogador do Atlético-MG que ganha espaço com a chegada de Oswaldo de Oliveira

    Felipe Santana é outro jogador do Atlético-MG que ganha espaço com a chegada de Oswaldo de Oliveira

Uma lesão muscular na coxa esquerda tirou o capitão Leonardo Silva da decisão da Copa da Primeira Liga, contra o Londrina. E o zagueiro deve desfalcar o Atlético-MG por mais algum tempo. Sem previsão de retorno, já que o clube mineiro não divulga um tempo estimado para a recuperação de seus atletas, Felipe Santana deve seguir titular na zaga alvinegra.

Foi assim na decisão jogada no Estádio do Café e assim vai ser contra o São Paulo, no dia 11 deste mês, às 21h45, no Independência, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim como fez com Robinho, apostando na experiência e na história do atacante, Oswaldo de Oliveira faz o mesmo com Felipe Santana.

Contratado em outubro como o principal reforço da defesa alvinegra, Felipe Santana chegou ao clube sob desconfiança, afinal de contas ele estava há sete meses sem jogar. Logo nos primeiros jogos uma falha grave, no clássico com o Cruzeiro, também pela Copa da Primeira Liga. No Brasileirão, contra o Atlético-PR, outra falha grave. Em ambos os casos do Galo perdeu por 1 a 0.

Olhado sob desconfiança pela torcida, Felipe Santana atuou apenas uma vez nos dois meses em que Rogério Micale comandou o Atlético. O treinador tinha clara preferência pelos jovens Bremer e Matheus Mancini. Mas com Oswaldo, Felipe Santana voltou a ser titular do Galo. O que não acontecia desde junho, ainda com Roger Machado.

"Fez uma boa partida, equilibrada. É um jogador experiente, que eu já acompanhava desde que foi para a Alemanha. Acho que ele foi muito bem no jogo, foi seguro, tranquilo. Não tivemos grandes dores de cabeça defensivamente. De qualquer maneira, é um jogador que nos dá uma opção de segurança no caso de nós não podermos contar com o Léo Silva", analisou Oswaldo a atuação de Felipe Santana contra o Londrina.

Contratado por dois anos, o zagueiro sofreu um pouco mais para readaptar ao futebol brasileiro, já que ficou quase uma década atuando fora do país. Pelo Atlético já são 24 jogos e apenas um gol marcado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos