Cobiçado pelo Santos, Robinho evita falar sobre o futuro no Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • GIULIANO GOMES/PR PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Robinho ficou quatro meses sem fazer gols e quebrou o jejum contra o Atlético-PR

    Robinho ficou quatro meses sem fazer gols e quebrou o jejum contra o Atlético-PR

O vínculo de Robinho com o Atlético-MG vai até dezembro. Por lei, o atacante já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe. Apesar da temporada ruim com a camisa atleticana, o jogador segue despertando interesse de outros clubes. É o caso do Santos, que já trabalha pelo retorno de Robinho à Vila Belmiro.

No entanto, o jogador evita falar sobre esse assunto. Nesta terça-feira, na Cidade do Galo, ao ser questionado sobre uma possível renovação de contrato com o Atlético, Robinho não deu nenhum tipo de detalhe. O atacante se limitou a dizer que tem como meta terminar a temporada com o Galo classificado para a próxima Copa Libertadores.

"Eu vivo um dia após o outro. Especulações acontecem por parte da imprensa. Meu foco está aqui no Atlético. Vou procurar terminar o ano bem, jogando bem, com o máximo de gols possível. E se possível com o Atlético lá em cima, com uma vaga na Libertadores, que é o mais importante".

Maior artilheiro do futebol brasileiro em 2016, com 25 gols, Robinho vive uma temporada bem diferente. Se o bom rendimento do ano anterior rendeu até convocação para a seleção brasileiro, em janeiro, o desempenho em 2017 transformou Robinho em um reserva de luxo. Foram dois meses sem ser titular do Atlético é uma partida do Brasileirão.

Situação que mudou apenas com a chegada de Oswaldo de Oliveira. Desde que o treinador assumiu o comando técnico do Galo, os jogadores mais experientes ganharam espaço, Robinho entre eles. O camisa 7 foi titular nas duas partidas que Oswaldo dirigiu o time e, inclusive, foi decisivo na vitória por 2 a 0 sobre o Atlético-PR, anotando os dois gols.

"Eu procuro estar sempre feliz, esse é meu estilo de vida, de sempre agradecer a Deus e fazer aquilo que mais gosto, que é jogar futebol, com alegria. Quando a gente está jogando bem e conseguindo ajudar o time com gols e boas atuações é melhor. Quando a gente não joga bem parece que falta alguma coisa. A alegria vem com a atuação que eu tive, venho melhorando, estou bem fisicamente. Espero ajudar o time até o fim do campeonato".

Nesta quarta-feira o Atlético recebe o São Paulo, pela 27ª rodada do Brasileirão, às 21h45, no Independência. Com 34 pontos, o time mineiro está cinco abaixo do Flamengo, atualmente na sétima colocação e último entre os clubes dentro da zona de classificação para a Copa Libertadores.

"É um jogo fundamental. A gente quer subir na tabela, nosso objetivo é brigar lá em cima, não na parte de baixo. Temos elenco para isso. A gente sabe que vai encontrar dificuldades. Apesar de o São Paulo não estar em uma situação boa na tabela, tem grandes jogadores, e a gente respeita muito. A gente quer jogar bem, ter uma sequência de vitórias e dar um espetáculo para o nosso torcedor", completou Robinho, que tem apenas nove gols marcados em 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos