Corinthians sofre, mas Clayson decide e garante 3 a 1 contra o Coritiba

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo


O líder do Campeonato Brasileiro volta a respirar aliviado. Com muito sofrimento e dois gols de Clayson nos últimos minutos, o Corinthians derrotou o Coritiba por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, em Itaquera. Jô abriu o placar para o time alvinegro. Henrique empatou e Clayson, que entrou em campo no segundo tempo, recolocou a equipe corintiana à frente.

A vitória do time de Fábio Carille depois de dois empates seguidos na competição fez o líder chegar à marca de 58 pontos e abrir 11 sobre Santos e Cruzeiro, que somam 47 - o time mineiro tem um jogo a mais, enquanto os santistas visitam a Ponte Preta nesta quinta-feira. O Grêmio, que perdeu em casa para o Cruzeiro, parou nos 46 pontos.

O Corinthians volta a campo no próximo domingo, contra o Bahia, em Salvador. O jogo terá início às 19h. Já o Coritiba recebe o Grêmio no Couto Pereira, no mesmo dia e horário.

Os melhores: Cássio e Clayson

Marcello Zambrana/AGIF

Embora tenha sofrido um gol na partida, o goleiro do Corinthians evitou três gols certos do Coritiba, todos no primeiro tempo, em um intervalo de oito minutos. Na etapa final, o arqueiro voltou a salvar o líder. Vale lembrar que Cássio serviu a seleção brasileira e juntou-se ao grupo ainda na madrugada. Já o atacante voltou a salvar o Corinthians depois de dois gols nos últimos dois jogos: clayson entrou no segundo tempo e marcou mais duas vezes.

O pior: Pedro Henrique

Atuando na vaga de Pablo, poupado, o jovem zagueiro alvinegro permitiu a cabeçada de Henrique Almeida na pequena área que resultou no gol de empate do time visitante. 

Jadson volta a brilhar 

Marcello Zambrana/AGIF

Logo nos primeiros minutos, o camisa 10 conseguiu um lampejo dos seus melhores dias no Corinthians. Depois de uma jogada rápida e um toque de letra, Jadson deixou Jô na cara do gol. O atacante bateu de primeira e abriu o placar.

Jô no topo da artilharia

Marcello Zambrana/AGIF

Com mais um gol marcado neste Campeonato Brasileiro, Jô se igualou a Henrique Dourado no topo da artilharia, com 14 gols. O atacante, que adotou um novo visual, já balançou as redes 21 vezes na temporada 2017.

Corinthians dá a bola ao Coritiba

Depois de abrir o placar logo aos nove minutos, o Corinthians adotou a velha postura reativa no jogo ao conceder a bola ao Coritiba. A estratégia, entretanto, não deu certo, pois o adversário conseguiu assustar o time da casa em pelo menos quatro lances do primeiro tempo.

Cássio faz três milagres...


O goleiro corintiano mostrou mais uma vez que está em ótima fase. Titular do time alvinegro após servir a seleção brasileira, Cássio salvou o Corinthians com uma defesa à queima-roupa aos 32 minutos da etapa inicial. No lance, Cleber cabeceou forte e viu o arqueiro espalmar para escanteio. Em seguida, Cássio fez duas defesas importantes, em finalizações de Henrique Almeida. 

...mas não evita o empate

Daniel Vorley/AGIF

O goleiro corintiano, porém, nada pôde fazer em uma finalização do atacante do Coritiba na pequena área. A bola cabeceada por Henrique ainda tocou na trave antes de entrar.

Carille põe o time para frente

Depois de ver o Coritiba pressionar o líder em plena Arena Corinthians no começo do segundo tempo, o técnico Fábio Carille mexeu na equipe e optou por uma linha mais ofensiva. Clayson, que marcou dois gols nos últimos dois jogos, entrou na vaga do volante Maycon.  A estratégia deu certo, pois o Corinthians voltou a pressionar o adversário.

Wilson evita gol de Clayson

Tão logo entrou em campo, o atacante corintiano teve grande oportunidade de recolocar o Corinthians na frente. Depois de receber cruzamento de Marquinhos Gabriel, Clayson cabeceou para a difícil defesa do goleiro do Coritiba. No rebote, Wilson ainda conseguiu jogar a bola para a linha de fundo.

Marquinhos acerta a trave

Aos 27 minutos do segundo tempo, o meia-atacante do Corinthians quase fez o segundo gol corintiano. Em uma jogada pela direita, Marquinhos Gabriel passou pela marcação e arriscou chute de perna esquerda. A bola bateu no travessão e saiu.

Clayson marca de novo

Predestinado, o atacante corintiano conseguiu marcar o terceiro gol com a camisa do Corinthians. Depois de marcar contra São Paulo e Cruzeiro, Clayson voltou a tirar o time alvinegro do sufoco. Para isso, o jogador recebeu passe de Léo Príncipe e bateu na saída de Wilson. No penúltimo minuto, o camisa 25 ainda fez o terceiro, aproveitando a bola que bateu na trave.

Escalação diferente

Corinthians/Divulgação

O Corinthians inovou ao divulgar o time titular para a partida. No telão do estádio, os jogadores alvinegros apareceram em fotos tiradas na infância. Até o técnico Fábio Carille foi lembrado na véspera do dia das crianças.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 3 X 1 CORITIBA

Data: 11 de outubro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Competição: Campeonato Brasileiro (27ª rodada)
Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Público: 36.698
Renda: R$ 1.872.944,00
Árbitro: Claudio Francisco Lima e Silva (SE)
Assistentes: Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO)
Cartões amarelos: Marquinhos Gabriel (Corinthians); Carleto, Willian Matheus e Léo (Coritiba)

Gols: Jô, aos nove, e Henrique Almeida, aos 39 minutos do primeiro tempo; Clayson, aos 34, e aos 44 minutos do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Camacho e Maycon (Clayson); Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Jadson (Fellipe Bastos); Jô (Kazim). Técnico: Fábio Carille

CORITIBA: Wilson; Léo, Cleber Reis, Werley e Carleto (Willian Matheus); Alan Santos, Matheus Galdezani, Tiago Real (Neto Berola) e Edinho (Yan Sasse); Rildo e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos