Substituto de Roger tenta se consolidar no Botafogo diante da Chape

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Brenner marcou dois gols em primeiro jogo sem Roger e tenta se consolidar no Botafogo

    Brenner marcou dois gols em primeiro jogo sem Roger e tenta se consolidar no Botafogo

Após dez dias sem jogos e com muito tempo para treinar, o Botafogo volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30, no Nilton Santos, onde enfrentará a Chapecoense. Após ser derrotado em casa para o Vitória, o Alvinegro tenta a reabilitação no Campeonato Brasileiro. O jogo marcará também a consolidação de Brenner na vaga de Roger, fora da equipe até o fim do ano por conta da retirada de um tumor renal.

No primeiro jogo após a ausência do camisa 9, Brenner deu conta do recado. Foi o autor de dois gols, mas não evitou a derrota em péssima atuação do Botafogo. Os gols, no entanto, eram uma preocupação do Alvinegro que perdeu Roger, artilheiro da equipe na temporada com 17 gols.

"Atacante vive de gols. A partir do momento que soube do convite, falei para o meu empresário: quero ir. Sem dúvidas, fiz uma grande escolha e estou feliz aqui no Botafogo. E espero continuar fazendo gols", disse Brenner.

Além da consolidação do atacante, a partida é muito importante para o objetivo do Botafogo de se classificar para a Libertadores. Após passar pela pré-Libertadores nesse ano, o Alvinegro tentará a classificação direto para a fase de grupos, o que melhoraria o planejamento para a próxima temporada.

"Vai ser difícil esta reta final. A tabela está muito embolada. Sabemos que não podemos dar bobeira. Tranquilidade é uma palavra que chega a ser até desconfortável. Vamos trabalhar para que contra a Chapecoense a gente possa conquistar os três pontos. Da mesma forma que estamos brigando na parte de cima, eles estão para fugir lá de baixo. Temos que pensar no nosso objetivo, que é a classificação direta para a Libertadores", explicou o novo camisa 9.

Para a partida, o Botafogo tem dúvida sobre quem vai escalar no gol. Gatito Fernandes está com a seleção do Paraguai e pode não chegar a tempo. O reserva imediato é Jefferson, mas ele ainda se recupera de uma sinusite e não sabe se terá condição de entrar em campo. Helton Leite está de sobreaviso.

Arnaldo retorna à lateral direita após cumprir suspensão. Rodrigo Pimpão também está de volta ao time titular após ser poupado com dores musculares. O restante do time é o mesmo que esteve em campo diante do Vitória.

BOTAFOGO X CHAPECOENSE

Data e hora: 11/10/2017, às 19h30 (horário de Brasília)
Local: Estádio Nilton Santos (Engenhão)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Jose Eduardo Calza e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)

Botafogo
Jefferson (Gatito ou Helton); Arnaldo, Joel Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Rodrigo Lindoso, Matheus Fernandes (Marcos Vincícius), Bruno Silva e João Paulo; Rodrigo Pimpão e Roger
Técnico: Jair Ventura

Chapecoense
Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabrício Bruno e Reinaldo; Canteros, Moisés Ribeiro, Lucas Mineiro e Alan Ruschel; Wellington Paulista e Túlio de Melo
Técnico: Emerson Cris

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos