Victor elogia Sidão em placar magro, mas faz alerta para pecado do Atlético

Enrico Bruno e Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

A vitória do Atlético-MG por 1 a 0 diante do São Paulo foi pouco. Essa foi a opinião do goleiro Victor ao final da partida. O goleiro alvinegro precisou fazer duas grandes defesas durante a partida, mas chamou atenção para as ótimas chances criadas pela equipe alvinegra, que parou no goleiro Sidão na maioria delas. Por outro lado, Victor também destacou a necessidade de ser mais preciso nos contra-ataques, já que o Galo teve várias oportunidades de matar a partida, mas pecou no último passe e não conseguiu aumentar o marcador.

"Foi 1 a 0 que não condiz com o que foi o jogo. O Atlético teve inúmeras chances, o Sidão fez ótimas defesas. Mas perdemos muitos contra-ataques, precisamos evoluir isso. Mas nós merecemos a vitória, até pela grandeza do São Paulo, nossa equipe foi grande, foi brilhante e mereceu o resultado", disse.

Somente no primeiro tempo, o Atlético teve pelo menos quatro ótimas oportunidades, incluindo um gol mal anulado pela arbitragem. Na etapa final, já em vantagem, teve várias chances de matar a partida, mas ficou só no quase. Nas arquibancadas, a atmosfera também foi outra. Ao contrário das ocasiões anteriores, quando o Atlético passou aperto e irritou sua torcida, desta vez os mais de 17 mil atenderam ao recado do técnico Oswaldo de Oliveira e jogaram junto com o time, mostrando paciência com o segundo gol que não veio e apoiando nos momentos em que o São Paulo tentava crescer no jogo.

"Hoje foi diferente, a atmosfera estava diferente. O torcedor entendeu o recado do Oswaldo. Não estávamos vencendo antes muito por causa da ansiedade gerada pela cobrança, que é normal. Mas hoje a cobrança se transformou em motivação", acrescentou, Victor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos