Queda para o Fla faz Flu reprogramar sua prioridade até o fim de 2017

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Fluminense tem de buscar o máximo de pontos para se livrar da degola

    Fluminense tem de buscar o máximo de pontos para se livrar da degola

O time que começou encantando a torcida chega em novembro em situação bem diferente da imaginada no início da temporada. Ainda que Abel Braga sempre lembre que o elenco é muito jovem e que o Fluminense mudou suas características, fato é que a queda para o Flamengo na Sul-Americana muda o rumo dos objetivos para 2017.

Considerada a principal meta do ano, a vaga na Copa Libertadores não passa de um sonho para lá de distante agora. Com 39 pontos no Campeonato Brasileiro, cabe ao Tricolor espantar de vez o risco do pesadelo do rebaixamento para respirar aliviado no final do ano.

Ciente de que o time precisa dar uma resposta imediata, visto que o Flu está a apenas quatro pontos de distância da zona da degola, o técnico Abel Braga afirmou que é hora de levantar a poeira.

"Eu tenho de saber o que tenho que fazer para o próximo jogo, mas eu estou colocando o meu coração pela boca. Eu tenho de levantar esses caras para sábado", disse o treinador.

Sem dividir mais atenções até o final da temporada, o Fluminense já tem um grande desafio pela frente. No sábado, a equipe encara o Botafogo, às 19h, no Nilton Santos.

"Esses caras são muito dignos. O torcedor pode ter certeza que esse grupo tem um respeito imenso por essa camisa e esse clube. Você não pode imaginar como ficou o vestiário", contou Abel.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos