Bota e Flu duelam com jogadores na bronca e envolvidos em rumores de saída

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Botafogo e Fluminense se enfrentarão neste sábado no Maracanã

    Botafogo e Fluminense se enfrentarão neste sábado no Maracanã

Um clássico cercado de assuntos extracampo acontecerá neste sábado quando Botafogo e Fluminense se enfrentarão no Maracanã, às 19h (horário de Brasília). Jogadores envolvidos em rumores de saída e outros demonstrando publicamente insatisfações darão o tom do duelo, que vale a manutenção do Alvinegro no grupo de classificação para a Libertadores e que pode significar um alívio ao Tricolor em relação à proximidade da zona de rebaixamento.

Pelo lado de General Severiano, os efeitos da boa temporada aparecem em forma de clubes interessados no elenco do técnico Jair Ventura. O volante Bruno Silva, por exemplo, já teve seu nome citado pela diretoria do Cruzeiro, embora o Botafogo não confirme nenhum acordo. A situação deixou o jogador em saia-justa com a torcida, o que motivou cobrança e até um bate-boca do atleta com um internauta.

O goleiro Gatito Fernández, o zagueiro Igor Rabello e o atacante Roger, que se recupera de um tumor no rim, também estão sendo especulados em outras equipes. No caso do camisa 9, o Corinthians chegou forte na disputa e pode ser o destino do artilheiro em 2018.

Já pelas Laranjeiras, o clima ainda é de ressaca pela eliminação dramática para o rival Flamengo na Copa Sul-Americana. Cria da base do clube, o atacante Marcos Júnior expôs a insatisfação com os acontecimentos ao longo da temporada logo depois da partida.

"Não merecíamos perder da forma como perdemos. Mas o ano todo foi assim, só tomando porrada, muitas coisas negativas no clube... E tem o outro lado também. O Flamengo tem jogadores que estão fazendo por onde. Agora resta o Brasileiro, ter pensamento positivo e cabeça de gelo para sair dessa situação", declarou.

Além dos resultados em campo não estarem sendo satisfatórios, o Fluminense ainda atravessa uma crise financeira e está tendo dificuldades de honrar seus compromissos com o elenco. A torcida, porém, não tem levado muito isso em consideração e cobra de jogadores mais promissores, como no caso do meia Gustavo Scarpa, vaiado em alguns jogos e que, por conta disso, sequer comemorou seu gol diante do Bahia.

"Nossa torcida é bonita, não pode deixar estádio vazio assim. Na situação que estamos eles ficam meio desanimados. Até entendo, também sou torcedor. Mas eles têm que abraçar a gente. Não adianta ficar vaiando, não tem outro caminho, tem que apoiar do começo ao fim. Deixa para vaiar quando acabar o jogo. Eu posso ser vaiado, não ligo, tenho cabeça fria. Quanto mais me vaiarem, com mais vontade vou jogar", disse Marcos Júnior.

BOTAFOGO X FLUMINENSE
Local:
Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Hora: 19h (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Auxiliares: Danilo Ricardo Simon (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro (SP)

Botafogo
Gatito, Arnaldo, Carli, Igor Rabello e Victor Luis; Bruno Silva, Matheus Fernandes, João Paulo e Gilson; Rodrigo Pimpão e Brenner
Técnico: Jair Ventura

Fluminense
Diego Cavalieri; Lucas, Renato Chaves, Reginaldo e Marlon; Richard, Douglas, Sornoza e Gustavo Scarpa; Marcos Jr. e Henrique Dourado
Técnico: Abel Braga
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos