Com Elano, Santos pega Galo e vê jogo como termômetro para volta de Robinho

Samir Carvalho e Victor Martins

Do UOL, em Santos (SP) e Belo Horizonte (MG)

  • Divulgação/Santos FC

    Os holofotes do duelo estarão direcionados a Elano e Robinho neste sábado, na Vila

    Os holofotes do duelo estarão direcionados a Elano e Robinho neste sábado, na Vila

O duelo entre Santos e Atlético-MG, neste sábado, às 17h (de Brasília), na Vila Belmiro, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, marcará o reencontro dos amigos Elano e Robinho, que foram revelados juntos no clube paulista e conquistaram dois Campeonatos Brasileiros – 2002 e 2004. A dupla ainda fez parceria no Manchester City, da Inglaterra, e na seleção brasileira.

Os holofotes, aliás, estarão direcionados para Elano e Robinho. O primeiro faz sua reestreia como técnico interino do Santos. Ele já comandou o time nos duelos contra Botafogo e Atlético-PR, no primeiro turno, na transição entre Dorival Júnior e Levir Culpi. O ex-meia tem 100% como técnico do Santos, já que ganhou os dois jogos.

No caso de Robinho, comissão técnica, diretoria e torcida santista estarão de olho no atacante. O ex-camisa 7 está no topo da lista de reforços do clube paulista para 2018. Por conta disso, o presidente Modesto Roma e companhia utilizarão o duelo contra o Galo como uma espécie de termômetro.

A cúpula santista acredita que Robinho será vaiado pela torcida, como já ocorreu na temporada passada, quando o atleta defendeu o Atlético-MG contra o Santos na Vil Belmiro. O atacante, aliás, também foi vaiado pelos torcedores santistas no confronto no Horto, em Belo Horizonte.

No entanto, a diretoria santista teme que a pressão seja ainda mais forte, como ocorreu nos protestos recentes contra o meia Lucas Lima e Zeca. O retorno de Robinho desagrada, principalmente, os torcedores organizados do Santos. Mas não são só eles. Parte dos chamados torcedores comuns também estão irritados com o jogador.

Eles não perdoam o fato de Robinho ter rejeitado uma proposta do Santos para acertar com o Atlético-MG em fevereiro de 2016. 

Discurso a favor do Galo desagrada ainda mais os santistas

Robinho não esconde de ninguém o interesse em permanecer no Atlético-MG em 2018. Adaptado ao clube e com a família feliz em Belo Horizonte, o atacante sabe que a renovação de contrato com o clube mineiro não vai ser simples. Até por isso, o camisa 7 do Galo se mostra disposto a reduzir seus vencimentos.

"Eu aceitaria sim, quando há interesse de ambas as partes, é só conversar e sentar, não tem problema nenhum. O mais importante é estar feliz e fazer aquilo que gosto, que é jogar futebol", disse Robinho, que vive uma nova fase desde a chegada de Oswaldo de Oliveira.

A mudança no comando técnico fez bem ao atacante. Então reserva com Rogério Micale e até vaiado por parte da torcida, Robinho recuperou a alegria de jogar futebol. Voltou a ser decisivo e marcou quatro gols no período inferior a um mês, sendo que entre fevereiro e agosto foram somente sete gols anotados por ele. O retorno da boa fase até fez a torcida criar uma campanha pela renovação, nas redes sociais.

No entanto, a permanência de Robinho no Atlético depende muito do encerramento da temporada. O atacante precisa seguir jogando bem e marcando gols decisivos. Uma vaga na Libertadores na próxima Libertadores é determinante, já que o orçamento atleticano para 2018 prevê redução de gastos, pois o clube não tem vaga assegurada no principal torneio de clubes da América do Sul.

Elano exalta amigo e rival antes do duelo

Elano elogiou bastante Robinho aos ser questionado do duelo contra o amigo neste sábado. No entanto, o técnico santista, que já consagrou bastante o atacante com assistências em jogos, alega que sabe o "caminho" para neutralizá-lo. Mas isso ficará em segredo até a hora do jogo.

"Não vou falar (risos)! Mas como vou desestabilizar um cara que jogou duas Copas do Mundo e é bicampeão brasileiro? Tem que fazer algo para ser mais efetivo que o Atlético-MG. Confio no Santos e vamos fazer de tudo para vencer", disse Elano.

Robinho e Elano jogaram juntos de 2002 até 2004 e 2015 no Santos, além de 2008 e 2009, no Manchester City, da Inglaterra.

Ficha Técnica
Santos x Atlético-MG

Data e horário: 04/11/2017
Local: Vila Belmiro, em Santos-SP
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (GO)
Auxiliares: Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (ambos de Goiânia)

Santos: Vanderlei; Victor Ferraz, David Braz, Lucas Veríssimo e Caju; Alison, Renato e Lucas Lima; Arthur Gomes, Ricardo Oliveira e Bruno Henrique. Técnico: Elano.

Atlético-MG: Victor; Marcos Rocha, Leonardo Silva, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Elias, Otero e Cazares; Robinho e Fred. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos