Chapecoense e Sport empatam em 1 a 1 e continuam ameaçados de rebaixamento

Do UOL, em São Paulo

A Chapecoense e o Sport empataram em 1 a 1, na Arena Condá, neste domingo (5), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, em um resultado ruim para as duas equipes  —especialmente para a de Pernambuco. Com o placar, os times permanecem próximos da zona de rebaixamento.

O clube alviverde ficou na 14ª colocação, com 40 pontos, a apenas cinco da degola para a Série B. Já o rubro-negro estacionou na 16ª, somando 36, na primeira posição fora do rebaixamento.

O Sport não só continua com situação delicada no campeonato, como aprofunda sua crise. Antes do revés pelo Nacional, a equipe foi eliminada pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, na última quinta-feira (2), após um 0 a 0 contra Junior Barranquilla, da Colômbia.

O próximo compromisso da Chapecoense é contra o São Paulo, fora, na quinta-feira (9). Já o time pernambucano recebe o Botafogo na quarta-feira (8).

Dois pênaltis

O veterano Wellington Paulista marcou o primeiro gol da partida, de pênalti, aos 20 min do segundo tempo, após Arthur ser derrubado na área pela defesa do Sport.

Já nos acréscimos, André empatou, também convertendo uma penalidade. A marcação da falta foi muito criticada pelos jogadores da Chapecoense, já que foi marcada aos 50 min, depois que o juiz concedeu seis minutos adicionais na partida.

Entrada dura

O meio-campista Anselmo, do Sport, foi protagonista do primeiro cartão da partida —e logo um vermelho. Apesar de o duelo contar poucas faltas e não ter advertências até o início do segundo tempo, o jogador cometeu uma dura infração sobre Moisés e foi diretamente expulso. Ele chegou a reclamar com a arbitragem, mas, em vão, voltou mais cedo ao vestiário.

Com a expulsão, o Sport jogou com um a menos em campo a maior parte de toda a etapa final.

Lambança no início e salvação no fim

O arqueiro Jandrei, que fechou contratação definitiva pela Chapecoense na última sexta (3), quase fez uma lambança e complicou sua equipe logo no início da partida. Ele saiu mal do gol e largou a bola nos pés de Rogério, que não abriu o placar por pouco.

No fim do jogo, porém, o goleiro fez uma defesa milagrosa. Após Thomas, do Sport, dominar sozinho de frente para gol e chutar, Jandrei, bem posicionado, interceptou e mandou a bola para escanteio.

Reencontro de parceiros

O jogo também opôs dois ex-companheiros de equipe, inclusive na mesma faixa de campo. Na lateral esquerda da Chapecoense, Reinaldo reencontrou Wesley, lateral direito do Sport. Eles chegaram a treinar, por algum tempo, no São Paulo, embora nunca tenham atuado juntos na equipe tricolor paulista.

Durante o jogo deste domingo, os dois trocaram sorrisos e chegaram a conversar brevemente na saída para o intervalo.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 x 1 SPORT

Campeonato Brasileiro - 32 ª rodada
Data/Hora: domingo, 5 de novembro de 2017, às 19h00 (horário de Brasília)
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Gols: Wellington Paulista (Chapecoense), aos 20 min do 2º T; e André (Sport), aos 52min do 2º T
Cartões amarelos: Amaral (Chapecoense), aos 25 min do 2ºT; Alan Ruschel (Chapecoense), aos 32 min do 2º T; Elicarlos (Chapecoense), aos 46 min do 2º T; Diego Souza (Sport), aos 47 min do 2º T; e Durval (Sport), aos 48 min do 2ºT
Cartão vermelho: Anselmo (Sport), aos 13 min do 2º T
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro
Auxiliares: Sidmar dos Santos Meurer e Guilherme Dias Camilo
Público: 10.654 torcedores
Renda: R$202.610,00

Chapecoense
Jandrei; João Pedro, Douglas Grolli, Douglas, Reinaldo; Amaral, Moisés Ribeiro, Lucas Marques (Penilla), Luiz Antonio (Elicarlos), Arthur (Alan Ruschel); e Wellington Paulista
Técnico: Gilson Kleina

Sport
Magrão; Wesley, Oswaldo Henriquez, Durval, Sander; Anselmo, Patrick, Mena (Thomás), Diego Souza (Rodrigo); Rogério (Osvaldo) e André
Técnico: Daniel Paulista

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos