Herói de vitória do Grêmio revê protagonismo: "Entramos para mudar o jogo"

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

Everton foi decisivo e marcou gols nos primeiros toques na bola. Não foi a primeira vez. O que aconteceu na virada sobre o Flamengo por 3 a 1 neste domingo (05) já havia ocorrido com o jovem de 21 anos cujo apelido é Cebolinha. Contra a Chapecoense ele já havia marcado nos primeiros toques na bola.

"Fui feliz por reviver este momento, contra Chapecoense foi assim. Estou focado para olhar os espaços e entrar e ajudar o time", disse.

A outra vez que Everton entrou e nos primeiros toques fez gols foi em 8 de junho. Mas não era um placar apertado como o deste domingo. O Grêmio bateu a Chapecoense fora de casa, na ocasião, por 6 a 3.

Agora, a briga do jogador passa a ser a titularidade. Mas a disputa por posição é encarada com sobriedade. Ele acredita que pode ajudar também entrando durante as partidas.

"O sonho de todo jogador é ser titular. Trabalhamos para isso. Quem entra, está concentrado porque está buscando espaço", afirmou. "Fico feliz. O professor pede para entrar e mudar a cara do jogo. Não foi diferente. Eu e o Beto (da Silva) entramos para mudar o jogo", finalizou.

O Grêmio chegou aos 54 pontos na classificação e é terceiro colocado. Agora enfrenta a Ponte Preta na próxima quarta-feira.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos