Moisés vê evolução do Palmeiras e reclama de arbitragem no clássico

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

O Palmeiras até reagiu no segundo tempo, mas não resistiu ao Corinthians e perdeu por 3 a 2 o clássico deste domingo, na casa do adversário. Com o resultado, o alviverde viu o arquirrival abrir oito pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Desta maneira, restando seis rodadas para o fim da competição, a possibilidade de título diminuiu muito. 

"Não, de forma alguma [estávamos nervosos], É claro que cometemos erros, mas não deixamos de jogar. Nosso segundo tempo foi melhor, tivemos controle do jogo, mas não tivemos a felicidade de fazer o terceiro", disse Moisés. 

No fim do jogo, o tempo esquentou. Os jogadores do Palmeiras ficaram irritados com a arbitragem de Anderson Daronco. Segundo os visitantes, o juiz deveria ter expulsado Gabriel, por ter entrado no campo sem a autorização após atendimento médico.

Já nos acréscimos, depois de agredir Felipe Bastos, Deyverson recebeu o cartão cartão vermelho e vai cumprir suspensão automática na próxima partida do Palmeiras. Na quarta-feira, fora de casa, a equipe enfrenta o Vitória.  "Ele [árbitro] errou. Não teve coragem de expulsar", reclamou Moisés. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos