Thiago Neves admite jogo ruim, mas valoriza reencontro com a vitória

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

O Cruzeiro não fez lá aquela partida para encher os olhos, mas produziu o suficiente para sair vencedor por 1 a 0 contra o Atlético-PR nesta tarde de domingo. Foi mais ou menos assim que o meia Thiago Neves resumiu a partida celeste, tímida, mas com o dever de casa cumprido e com os três pontos garantidos depois de três partidas sem triunfar.

"Não fizemos uma partida boa, mas o mais importante foi ganhar. Campeonato Brasileiro é assim, às vezes você joga mal, mas sai vencedor como nós somamos os três pontos", comentou o meia.

No setor ofensivo, Thiago foi um dos jogadores mais apagados em campo. Apesar de não ter feito uma partida ruim individualmente, o meia não apresentou o mesmo futebol que Robinho, Rafinha e Arrascaeta, responsável pelo golaço que valeu os três pontos. Agora, o camisa 30 terá pela frente o Flamengo, ex-clube e próximo adversário da Raposa.

"Faltou um pouco mais de capricho (para voltar a marcar), mas está bom. Eu tentei, não deu certo, mas vamos ver se o gol volta a sair no Rio contra o Flamengo", acrescentou.

O mesmo discurso sobre a importância da vitória foi mostrado por Rafinha, que teve uma boa atuação individual e só não deixou seu gol por causa das boas intervenções do goleiro Weverton.

"Era a hora de voltar a vencer, independente de jogar bem ou não. Conseguimos nosso objetivo que era vencer, agora vamos pensar no Flamengo", disse.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos