Topo

Esporte


Thiago Neves admite jogo ruim, mas valoriza reencontro com a vitória

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

05/11/2017 19h07

O Cruzeiro não fez lá aquela partida para encher os olhos, mas produziu o suficiente para sair vencedor por 1 a 0 contra o Atlético-PR nesta tarde de domingo. Foi mais ou menos assim que o meia Thiago Neves resumiu a partida celeste, tímida, mas com o dever de casa cumprido e com os três pontos garantidos depois de três partidas sem triunfar.

"Não fizemos uma partida boa, mas o mais importante foi ganhar. Campeonato Brasileiro é assim, às vezes você joga mal, mas sai vencedor como nós somamos os três pontos", comentou o meia.

No setor ofensivo, Thiago foi um dos jogadores mais apagados em campo. Apesar de não ter feito uma partida ruim individualmente, o meia não apresentou o mesmo futebol que Robinho, Rafinha e Arrascaeta, responsável pelo golaço que valeu os três pontos. Agora, o camisa 30 terá pela frente o Flamengo, ex-clube e próximo adversário da Raposa.

"Faltou um pouco mais de capricho (para voltar a marcar), mas está bom. Eu tentei, não deu certo, mas vamos ver se o gol volta a sair no Rio contra o Flamengo", acrescentou.

O mesmo discurso sobre a importância da vitória foi mostrado por Rafinha, que teve uma boa atuação individual e só não deixou seu gol por causa das boas intervenções do goleiro Weverton.

"Era a hora de voltar a vencer, independente de jogar bem ou não. Conseguimos nosso objetivo que era vencer, agora vamos pensar no Flamengo", disse.

 

Mais Esporte