Topo

Esporte


Presidente fala em Libertadores e Dudu evita analisar ano palmeirense

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

06/11/2017 11h00

Com a derrota por 3 a 2 no clássico com o Corinthians neste domingo (5), o Palmeiras viu a sua chance de conquistar o título do Campeonato Brasileiro diminuir consideravelmente. Afinal, a seis partidas do fim da competição, o alviverde agora está na quarta colocação da tabela, oito pontos atrás do líder. Segundo o site Chance de Gol, o time tem apenas 3,7% de chances de ser campeão.

Ainda assim, os palmeirenses destacam a evolução do time neste segundo turno e a possibilidade de garantir a classificação para a Copa Libertadores. "Nós temos de disputar jogo a jogo. Temos de trabalhar para estar na Libertadores e fazer o melhor segundo turno possível. Traçamos isso como meta", afirmou o presidente do clube, Maurício Galiotte.

Capitão do time e um dos principais nomes do elenco, Dudu também encara de maneira positiva a recuperação da equipe no returno do Brasileiro, quando o time chegou a conquistar dez pontos em quatro partidas. Porém, para o meia, o fato de o clube ter passado por mudanças, como as trocas de treinador (Eduardo Baptista, Cuca e agora Alberto Valentim comandaram a equipe), podem explicar o fato de o time não ter alcançado um título. 

"O time está bem. Tivemos muitas coisas, aconteceram muitas coisas, troca de técnico... Isso atrapalha a gente um pouco. Mas acho que a equipe está indo. Vamos lutar ainda nos seis últimos jogos", disse o jogador, que preferiu não fazer um balanço da temporada. "Ainda não acabou o ano. Vou poder te responder isso quando acabar a temporada", completou.

Dudu também vê a classificação para a Copa Libertadores como a principal meta do Palmeiras neste momento. O jogador também acredita que agora seja cedo para fazer um planejamento para 2018.

"Nosso objetivo é permanecer entre os quatro, vamos continuar batalhando para conseguir o melhor nos seis últimos jogos. A gente ainda está pensando nesse ano, temos seis jogos. Vamos deixar para pensar no ano que vem quando acabar o campeonato, quando for fazer a programação do ano que vem. A gente espera que possamos entrar em 2018 melhor do que nesta temporada", disse Dudu. 

Mais Esporte